domingo, 3 de março de 2013

QUATRO VERBOS DA VIDA QUE DEVEM REGER AS AÇÕES DE UM CRISTÃO


“... Mas, tu , ó homem de Deus, foge destas coisas
e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão.
Milita boa milícia da fé,
toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado,
 tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas” ( T Tm. 6:11,13)

 
 
 
Em nossa língua o verbo exerce um papel importante.  O Dicionário define a palavra verbo, sendo: “ uma palavra variável com as categorias de modo, tempo e aspecto, pessoa e numero, que exprime processo, ação, fenômeno, ( mudança de)  estado”.

No texto em referência o Apóstolo Paulo usa quatros expressões verbais, que exprimem quatro ações que um cristão precisa praticar: Fugir; Seguir; Militar; Tomar.  Na prática  o que a  Palavra de Deus quer nos ensinar?:
                                                                                               
1- FUGIR  -  Que coisas o Cristão precisa fugir?
´... Foge destas coisas...”

- Fugir do desejo de ficar rico por ganância.  A prosperidade bíblica abrange vários aspecto da vida, um dele é tornar-se próspero financeiramente.  A Bíblia recomenda  que devemos ser ricos de boas obras:   “que façam o bem, enriqueçam em boas obras...” ( 1 Tm. 6:18). 

- Fugir da cobiça:  De  ninguém cobiceis a prata, nem o ouro, nem a veste” ( Atos 20:33).  A cobiça atrai todo tipo de males. São males que atingem o casamento, os valores morais, éticos e espirituais, os relacionamentos.

- Fugir de toda prática pecaminosa.  Algumas dessas práticas pecaminosas, são:

“ Nos últimos dias haverá tempos difíceis. Pois muitos serão egoístas, avarentos, orgulhosos, vaidosos, xingadores, ingratos, desobedientes aos seus  pais e não terão respeito pela religião. Não terão amor pelos outros e serão duros, caluniadores, incapazes de se controlarem, violentos e inimigos do bem,  traidores, atrevidos e cheios de orgulho. Amarão mais os prazeres do que a Deus; parecerão ser seguidores da nossa religião, mas com as suas ações negarão o verdadeiro  poder dela. Fique longe dessa gente!...”    ( 2 Tm  3:1-5)
 
2-   SEGUIR -  Que devemos seguir?

“... Segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão”

O cristão é desafiado a ser justo, a ser piedoso, a exercer uma fé reconhecida por praticar boas obras, caridoso, paciente e manso. 

Seguir esses princípios bíblicos é andar na contra mão do mundo. Sem dúvida um  grande desafio do cristão.  O alvo do cristão é ser parecido com Jesus.  Segui-Lo como discípulo é moldar nosso caráter à uma vida de justiça, piedade, de fé, caridade, paciência e mansidão.    
 
3-   MILITAR - Ser militante de qual batalha?
“... Milita a boa milícia da fé ...” 

A função do militar é lutar por uma causa.  Qual é a causa que o cristão milita? Milita  em defesa da fé.  O militar não divide sua atenção e não  se deixa embaraçar com coisa alguma. Quando exemplarmente cumpre a sua missão é merecidamente condecorado pelos seus superiores.   Militar na fé é permanecer firme no posto, estar vigilante e conquistar as batalhas do Senhor. Os que se acharem fiéis serão galardoados pelo Senhor.

4- TOMAR - Do  que tomar posse?

“... Toma posse da vida eterna, para qual também foste chamado...”

Nenhum cristão pode alegar que não recebeu o chamado do Senhor para ser um conquistador. Nenhum cristão alegará que não recebeu oportunidades.  Os conquistadores  são aqueles   que  aplicam em suas vidas  os três  verbos da vida: Fugir;     Seguir;     Militar.

 As conquistas são recompensas dos vencedores. Ninguém toma posse de algo que não conquistou. Os que perseveram na fé, lutam com propósito, investem no eterno,  estes, são os vencedores.   

Nenhum perdedor tem lições a dar a ninguém.  Paulo nos deu lições  de um grande conquistador. Aplicou os verbos da vida, fugiu, seguiu e militou.  Foram  dele estas palavras:

 “ combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda” ( 2 Tm.4:7,8)

Para você refletir:

Você tem conjugado os quatro verbos da vida?  Tem fugido de toda prática pecaminosa? Tem seguido o modelo de Jesus? Tem sido fiel militante da fé? Então, tomar posse da vida eterna é uma questão de recompensa. Só aguardar,  Amem!

Por amor a Cristo!