sábado, 30 de março de 2013

QUATRO ESCOLHAS NA VIDA - II

"... Porque,  onde está o teu tesouro aí está o teu coração" ( Mt.6:    ) 
   
A vida é feita de escolhas.  As escolhas de hoje influenciam o nosso futuro.   A escolha do que queremos  semear é  determinante  para o  que queremos colher na vida. Por exemplo, quem escolhe  plantar abóbora não colherá abacate.  Vamos destacar quatro tipos  de escolhas na vida:



1ª -   Consumidor

“...  Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento.” ( Gn. 1:29)

Consumir é uma ideia de Deus. O consumo faz parte da sobrevivência humana, mas não deve ser o foco da vida.  Devemos consumir por necessidade e não por desejos egoístas. O consumismo desenfreado tem trazido prejuízo a saúde e levado muitas pessoas a se endividarem.  

 A cultura do mundo é atrair as pessoas a  consumir mesmo sem necessidade.  O consumista não planeja o seu futuro vive para o hoje.  Se por exemplo, tiver alguns  ovos e  escolher o que fazer deles,  não pensaria duas vezes,  consumiria.

O crente consumista não vê o Reino de Deus como uma prioridade em sua vida . Deixar de dizimar e ofertar para a expansão do Evangelho e consumir toda renda para satisfazer os apetites da carne é uma afronta a Deus.

                                           
      2ª –  Produtor
 
“... Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra, dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra”

Deus criou o homem com capacidade de gerenciar e produzir.  O produtor é por excelência um multiplicador. Tomando o exemplo dos ovos, o produtor não pensa em consumir os ovos todos,  multiplica parte deles .

O Senhor Jesus  deixou o seu exemplo de um  multiplicador.  Multiplicou os pães e os peixes em duas ocasiões, multiplicou os discípulos, de doze para setenta,  para cento e vinte e em  multidões.

Como o Reino de Deus precisa de pessoas com essa visão!  O Senhor Jesus usa a figura de linguagem comparando o crente como uma ovelha, porque a ovelha procria e multiplica em grandes rebanhos. Deus deseja contar com pessoas que  multipliquem suas rendas e invistam  em sua Obra.                                  

 


 3ª -   Empreendedor

O empreendedor  é  visionário por excelência,  olha o mundo como campo de conquista. Não só multiplica os ovos, produz aves que vão  abastecer mercados  do mundo inteiro.

O Reino de Deus não é diferente. Precisa de pessoas com essa visão de empreendedorismo. Com suas rendas multiplicam igrejas, que multiplicam missionários, para que o Evangelho do Senhor Jesus Cristo alcance o mundo.   Constrange-nos ver a coca cola ser mais conhecida e consumida no mundo que o próprio evangelho. Nenhuma igreja ou ministérios multiplicará as suas ações se não contar com parceiros que participam de seus projetos.

                             
                  4ª – Investidor
 
O investidor vai além de sua capacidade de produzir e empreender. Ele investe a sua própria vida por uma causa.   O Senhor Jesus é nosso maior exemplo,  investiu  a sua própria vida.  Muitos  tem seguido esse exemplo, doando suas próprias vidas pela causa do Evangelho. 

 Seguindo o exemplo do “bife a cavalo” esses doadores participam com o bife. Ou seja, foram além de cooperadores, morreram para si mesmos e ofereceram suas próprias vidas ao Senhor. Fizeram  a melhor das escolhas.   
 
Para sua reflexão:

Em qual dessas categoria você se vê?  Você tem consumido a sua vida com coisas efêmeras? Sua vida tem sido produtiva para Deus? Você tem sido  um visionário pela causa do evangelho? Você faz parte do grupo de participa com o ovo ou sacrifica a própria vida?

Estamos celebrando a Páscoa, oportunidade de refletirmos se estamos verdadeiramente sendo  um discípulo de Jesus.  Feliz Páscoa!

Por amor a Cristo!