sábado, 23 de março de 2013

QUATRO MANEIRAS DE VOCÊ SEMEAR NA VIDA - I


“Certo homem saiu para semear. Quando espalhava as sementes, algumas caíram à beira do caminho, e os passarinhos comeram tudo. Outra parte das sementes caiu num lugar de muita pedra e pouca terra. As sementes brotaram logo porque a terra era funda. E, quando o sol apareceu, queimou as plantas, que secaram porque não tinham raízes.  Outras sementes caíram no meio dos espinhos, que cresceram e abafaram as plantas.  Mas as sementes que caíram em terra boa produziram na base de cem, de sessenta e trinta grãos por um.”    (Mateus 13.3-8, BLH).

A vida de uma pessoa é construída de semeadura e colheita.  Você vai colher só o que plantar ao longo de sua vida.  Esta parábola nos ensina quatro maneiras diferentes de semear  os nossos projetos de vida.

1º-   Semear no solo do imediatismo

“ ... Sementes que caíram á beira do caminho, os passarinhos  comeram...”

Tipo de Semeadura sem  nenhuma perspectiva  de futuro. As decisões importantes deixam de ser relevantes são tomadas superficialmente. O  que interesse  mesmo é  viver intensamente o hoje.

Alguns exemplos: gastos sem  nenhum acréscimo significativo; constantes  reformas de móveis; troca de carro motivado por desejos e não por necessidade;  viagens não planejadas, financiamento a  perder de vista; cursos sem retorno significativo; relacionamentos superficiais;  nenhum tempo de qualidade com Deus, com a família, etc..
Esse tipo de semeadura gera uma pessoa com um perfil de esbanjador, incapaz de construir projetos a longo prazo.  Colherá frustrações, falta de realizações e relacionamentos rompidos.

2º-   Semear no solo da  incerteza

“... Sementes que caíram num lugar onde havia muitas pedras e poucas terras,  secaram-se porque não tinham raízes...”

A vida é  única não haverá  uma segunda chance.  Os  projetos importantes devem ser trabalhados no solo da convicção e não da incerteza.  Alguns exemplos: tipo de negócios, profissão, casamento,  são projetos para a vida toda.  Todo projeto de longo prazo passa por correções de rumo, adaptações, aperfeiçoamento, etc,  mas não passa pela  falência.

Esse tipo de semeadura gera um perfil de incapacidade, colherá o amargo fruto de enterrador  de talentos.

3º -  Semear no solo do tudo é valido

“.... Sementes que caíram nomeio de espinhos e foram sufocadas, e não deram frutos... “

Semeadura baseada na especulação  e não  em valores.   Não importa  como chegar lá o que importa  é chegar. A  manipulação e o  autoritarismo faz parte desse jogo.

Esse tipo de semeadura gera um perfil egoísta, incapacidade de confiar no outro,  ciúmes, inveja e rebelião.

4º - Semear no solo da diligência

“.... Sementes que caíram em boa terra e produziram na base de cem, de sessenta e de trinta grãos,  por um... ”

Esta é a semeadura que Jesus em sua parábola recomenda. Semear em projetos focados na missão e visão idealizados por Deus. Reconhecer que Deus é o Provedor, na Sua palavra encontraremos respostas para as decisões importantes da vida. Administrar com fidelidade e diligência tudo que Deus confiou. Aprender a viver contente com aquilo que tem. Viver uma vida piedosa.  Semear para Deus.

Uma semeadura que gera um perfil de um abençoador. Tudo que faz na vida prospera.  O seu trabalho, a família e o  Reino de Deus serão grandemente abençoados.  

Para você refletir:
Como você se vê nesse cenário? Em qual dos tipos de semeaduras  você se encaixou? Se você precisa de ajustes ou mudança de comportamento, peça ajuda ao Espírito Santo. Seja um dos  diligentes, Deus fez de você um canal de bênção. Amem!

Por amor a Cristo!