sábado, 31 de janeiro de 2015

VIVENDO DE ACORDO COM O PROJETO DE VIDA TRAÇADO POR DEUS! ( II )

 

"... O Senhor cumprirá o seu propósito para comigo!..."( Salmos 139:8.a)
 

Cada pessoa possui um desígnio único e uma missão a cumprir na terra. Ignorar o que a pessoa é, fazer escolhas equivocadas ou ser induzida por outras pessoas é seguramente viver fora dos propósitos de Deus.   
Alinhar o seu desígnio e a carreira profissional é uma responsabilidade que envolve toda à vida e para vida toda.

 PLANO DE AÇÃO: VIVENDO DE ACORDO COM O PROJETO DE VIDA TRAÇADO POR DEUS -II

Ações  que podem ajudar você a construir o seu Plano de Vida.









 
   laneje sua vida de forma Integral.


L     Levante  suas necessidades e
        desejos legítimos.
A     Alinhe os seus sonhos com os  
         valores espirituais.   
N     Não se intimide com as oposições.
O     Ouça a voz da intuição.
 
D      Desenvolva  ações comprometidas
          com a fé a missão.
     Exclua hábitos da velha natureza.
 
V      Viva  contente com o que tem.
I        Invista em qualificação
         e aperfeiçoamento.
D      Deus em primeiro lugar
        da sua vida.
A      Alcance o potencial ao
         máximo que puder.

Instruções  Bíblicas para estabelecer um Plano de Vida:

Planejar sua vida de forma integral. 
 
 
“ Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, a alma e o corpo de vocês sejam preservados irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus cristo” ( I Ts.5:23)
 

Você é um ser multiplicado  3 em 1.
Possui Espírito, Alma e Corpo. Um ser completo, criado à imagem e semelhança de Deus. O Espírito é a força divina para garantir proteção e desenvolver os propósitos de Deus. A alma é a sede da personalidade, abriga a vontade as emoções e a mente. O corpo abriga o Espírito e a alma. Todos são importantes e precisam de um bom gerenciamento.
 
Um Plano de Ação deve ser integral:  espírito, alma e corpo fazem parte da mesma vida. 
 
Levantar as necessidades e desejos legítimos no limite da renda.
 
  
 
“.... Qual de vocês, se quiser construir uma torre (algo) primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la?” Lucas 14:28)


 

 
Pouquíssimas  pessoas observam esse princípio bíblico. Necessidades e desejos fazem parte da vida humana, mas haverá consequencias se esses desejos e necessidades não forem bem administrados.
 
Um Plano de Ação deve levar em conta as necessidades e os desejos legítimos. O fato de levantar essas necessidades e desejos não é garantia de que todas elas serão supridas. O limite é o quanto possui disponível.
 
Alinhe os seus sonhos com os  valores espirituais.  

 
“... Olhou então Ló e viu todo o vale do Jordão, todo ele bem irrigado (...) Ló escolheu todo o vale do Jordão e partiu em direção ao leste..” ( Gn. 23:10,11)
 
A  historia de Ló, os seus sonhos e as consequencias de suas escolhas, ensina grandes lições de vida.   Faça um comparação  das escolhas de Abraão com as escolhas de Ló. Quem se deu melhor? Por que Abraão se deu melhor? Porque Abraão não negociou os seus valores por maior que fosse os seus sonhos. Tem muita gente fazendo de suas vidas, a exemplo de Esaú,  permutas de  seus valores por pratos de comida, por coisas efêmeras.
Um Plano de Ação deve  alinhar os sonhos legítimos com   os valores espirituais,  mesmo que tenha de abrir mão de sonhos  incompatíveis aos princípios da Palavra de Deus.
 
 Não se intimidar com as oposições.

“ Todavia, eu lhe respondi:
Acha que um homem como eu deveria fugir?...”
 
 
A história de vida de Neemias é um legado inestimável no planejamento, execução e na coragem,  são três elementos importantes num Plano de Ação. Aprofunde estudando as estratégias de Neemias que ajudará você a construir um plano de ação compatível com aquilo que Deus espera de você.
Um Plano de Ação, num  contexto de um mundo falho e imperfeito,  deve  prevê situações de riscos e de competições injustas.
 
Ouça a voz da intuição.
... E disse Jônatas ao seu pajem de armas: Sobe atrás de mim porque o Senhor os tem entregado na mão de Israel” ( I Sm.14:12.b)
 
A intuição foge de critérios lógicos.  As vezes Deus quer agir em nossa vida usando a  intuição.  A maneira como Jônatas agiu com o seu escudeiro afronta qualquer ação estratégica de guerra.  Quando Deus está no controle de sua vida, a intuição é um elemento surpresa que pode ser usado a seu favor e  favor de um propósito maior.
Um Plano de Ação é uma combinação da razão, da fé e da intuição. Em algum momento da vida uma sobressaltará à outra.
 
Desenvolva ações comprometidas com a fé e a  missão.
 
“.... E desceu e falou àquela mulher,
 e agradou aos olhos de Sansão” ( Jz. 14:7)

A triste história de vida de Sansão é conhecida por todos nós.  Um personagem que veio ao mundo para cumprir uma grande missão,  desperdiçou o seu potencial por escolher ações  pecaminosas incompatíveis à sua fé e desígnio. Muitas pessoas assemelham-se à Sansão, nascidas como resultados da promessa do Senhor para fazer diferença no mundo, no entanto, negam a fé e desenvolvem práticas que a bíblia taxativamente condena. Encurtam os seus dias de forma trágica sem deixar um legado para gerações.
Um plano de Ação que valoriza a fé  comprometida com a  missão  agradará o coração de Deus.
 
Excluir definitivamente  hábitos da velha natureza.

"....  Mortificai, pois, os vossos membros que estão  sobre a terra: a prostituição, a impureza, o apetite  desordenado, a vil   concupiscência, que é idolatria” ( Cl. 3:5).
 
O cristão está comprometido com a nova natureza gerada em Cristo.  Não contemplar nada que esteja ligada com os  hábitos da velha natureza.   Se há indícios dessa velha natureza operando em sua vida, deve ser mortificada  imediatamente.  
Um Plano de Ação, dominado  por desejos carnais, afetará o relacionamento com Deus e  a visão de propósito estará comprometida.
 
Viver uma vida de   contentamento  com o que tem.
 
“... Não digo por necessidade, porque já aprendi
a contentar-me com o que tenho”  (Fp. 4:11)
 
O contentamento fecha porta para a murmuração, para a ganância  e invejar o que o outro tem. É um estado de espírito confiante em que Deus é o provedor;  mesmo diante de necessidades básicas,  esperará confiantemente  na providência divina.  Não significa que vamos abaixar a guarda para o desempenho e o encorajamento  e de sonhar algo grande. O trabalho árduo e persistente é nossa parte, a bênção dos  resultados é a parte de Deus.
Um Plano de Ação,  precisa estar motivado por desejos legítimos sem dar lugar a ganancia, o orgulho e a inveja -  o trevo da derrota.
Investir em qualificação e aperfeiçoamento.

 
“... querendo o aperfeiçoamento dos santos,
para a obra do ministério, para edificação do copo de Cristo” ( Ef. 4:12)
 
O  seu plano de vida precisa contemplar investimentos na sua qualificação  profissional e no  aperfeiçoamento dos seus dons naturais e espirituais. São dados por Deus para que você cumpra o seu  propósito,  que seja com  qualidade e potencializado. Deus não se agrada de um trabalho negligente e desqualificado.
Um Plano de Ação,  deve  valorizar a qualificação profissional para alcançar o máximo do potencial.

Deus em primeiro lugar da sua vida.
 
“ Busque, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas lhes serão acrescentadas” ( Mt. 6:33)
 

Esse é um princípio bíblico muito ensinado  mas pouco praticado. A regra básica da vida  colocar Deus em primeiro lugar. As promessas estendem-se a todas as áreas da vida. Deus, Família, vida profissional, ministério, finanças.(...)


Um Plano de Ação só alcançará o seu verdadeiro valor se priorizar Deus na vida. 

Alcançar o potencial ao máximo que puder.

 
"...O  que as suas mãos tiverem que fazer, que o façam com  toda a sua  força pois na sepultura, para onde você vai,  não há atividade em planejamento, não há atividade nem planejamento, conhecimento nem sabedoria” ( Ecl. 9:10).
 

A impressão que se dá que muitas pessoas não dão a mínima a esse principio bíblico. Não se trata de ser mais rápido ou menos rápido, os vencedores são aqueles que não desperdiçam energia, tempo e recursos. São pessoas   focadas em  ideais e maximizam o seu potencial. A bíblia ilustra a formiga como exemplo de dedicação , um pequeno ser,  que suporta carregar dez vezes a mais do seu peso.
 
Um Plano de Ação será eficaz se levar o executor a alcançar o potencial ao máximo que puder.

METAS & PROCESSO & PLANO DE AÇÃO= Vida Com Propósito! 
 
Se você tem duvidas sobre sua vocação profissional ou se deseja dinamizar o seu potencial, recomendamos conhecer o Career Diret ( www.careerdirect-ge.org).
 

Se Você deseja um seguro direcionamento para as quatro áreas importantes da vida: personalidade, áreas de interesses, aptidões e valores, consulte o  Career Direct, um instituto de nível Internacional  comprovado pela seriedade, competência e compromisso com os valores  cristãos.
 
Fazemos parte como Consultores de carreira do Career Direct.  Dispomo-nos a ajuda-lo.
 
Por amor a Cristo!