domingo, 30 de agosto de 2015

MEIA VOLTA NA DIREÇÃO DE DEUS É DAR A VOLTA POR CIMA!


“.... Mas quanto a vocês, deem meia volta e partam para o deserto pelo caminho do mar vermelho”  (Dt. 1:40).


Dando meia volta na vida é uma expressão bíblica que pode significar, correção de rota ou disciplina de Deus. 
A expressão “Quanto a vocês”  é uma referencia aos lideres de Israel, da parte do  Senhor Deus, dando-lhes uma punição disciplinadora porque não deram ouvidos a sua ordem. “ Porém vós não quisestes subir, mas fostes rebeldes ao mandado do Senhor, vosso Deus” (Dt. 1:26). Para você entender todo o contexto leia Deut. Cap. 1 e 2.


Que lições podemos tirar da expressão “deem meia volta” no contexto da caminhada cristã?:

 1ª-  Uma simbologia  da   passagem dos Hebreus pelo mar vermelho  e da passagem
       de Jesus Cristo pela Cruz.
O mar vermelho significa para os Judeus, passagem de uma longa vida de escravidão para  uma abundante vida de plena liberdade.  A cruz representa a redenção do pecador redimido no sangue de Jesus. Significa a  passagem da escravidão do pecado  para liberdade da  nova vida. O mesmo Deus que conduziu e protegeu o povo Hebreu até a terra prometida, conduzirá e protegerá o seu povo até a Canaã Celestial.

2- Deus levanta lideres estratégicos para conduzir o povo em segurança sem ser
    atingido pelos inimigos.
Deus não levanta lideres desqualificados para liderar o seu povo. “ Tomai-vos  homens sábios, inteligentes e experimentados, entre vossas tribos, para que os ponha por vossas cabeças”. ( Dt. 1:13).  Essas qualificações devem ser cultivadas  para os dias de hoje. Os lideres estratégicos não são  aqueles de boa aparência, que possuem riquezas, popularidade e disposição para fazer qualquer coisa para chegar no comando. Os lideres segundo o coração de Deus não emitem suas opiniões pessoais para desviar a rota, não temem as pressões,  mas buscam  estratégias de como chegar lá.  Por isso que devem ser pessoas sábias, inteligentes e experimentadas. Todo desvio de caráter descredencia qualquer pessoa a ser líder no padrão de Deus.

3ª -  Quando os lideres se rebelam à ordem de Deus o povo perde o rumo da
        trajetória.
A rebelião é uma especialidade do Diabo. As consequências de uma rebelião são trágicas. Quando um líder  se rebela o povo fica sem direção e a mercê dos inimigos. É como se perdesse o mapa em meio a selva amazônica. “... Porém, vós não quisestes subir, mas fostes rebeldes ao mandado do Senhor, vosso Deus”. Não foram todos os lideres que se rebelaram. No entanto, o prejuízo causado por esses lideres atingiu todo o povo.  As consequências foram incalculáveis. Tiveram que dar meia volta retornar as margens do mar vermelho, e o pior aconteceu, veja: “... E os dias que caminhamos, desde Cades-Barnéia até passarmos o ribeiro de Zerede, foram trinta e oito anos, até que toda aquela geração dos homens de guerras se consumiu do meio do arraial, como o Senhor lhes jurara”( Dt. 2:14).  Alguns rebeldes destruíram os sonhos de uma geração inteira.  O povo Hebreu  não precisava passar 40 anos a caminho da terra de Canaã. A sentença de Deus foi severa, peregrinar no deserto por 38 anos; porque rejeitou o seu amor, rebelou-se contra a sua autoridade, ignorou as instruções dada através do servo Moisés.
 O deserto nos ensina muitas coisas. Disciplina de Deus por conta de desobediência, correção de rota,  para nos proteger de inimigos,  e  preparação de uma nova geração. Para você refletir: Por que muitos ministérios que tinham tudo para ser frutífero, no entanto, perecem no deserto?

4ª – A meia volta é o recomeço de uma nova rota sem perder o foco da conquista de Canaã.
Deus é maravilhoso! Não desistiu do seu povo Hebreu, permaneceu firme no proposito de conduzi-lo  até  a terra prometida. Um cenário de um novo recomeço.  Deus dá uma nova estratégia  para  uma nova geração de lideres preparados no deserto: “ E sucedeu que, sendo já consumidos todos os homens de guerra pela morte, do meio do arraial, o Senhor me falou, dizendo: “Levantai-vos, e parti, e passai o ribeiro de Arnom; eis aqui na tua mão tenho dado a Seom, amorreu, rei de Hesbom, e a sua terra; começa a possuí-la e contende com eles em peleja”( Dt. 2:16 e 24). 

O deserto não é o fim.  Oportunidade de um   recomeço com uma nova rota que  reconduzirá as promessas de Deus. Uma lição de esperança para quem precisa e busca desesperadamente por um novo recomeço. Apenas um ato de fé:   “Tudo é possível ao que Crer”.  Se você se sente num deserto, ou esteja passando por uma situação como se a vida tivesse dando uma meia volta, aproprie-se desse novo recomeço.  Saiba que Deus sempre tem uma estratégia nova para um novo recomeço de vida. Você Crê?


REFLETINDO:
“... O Senhor, vosso Deus, que vai adiante de vós, por vós pelejará ...” ( Dt. 1:30.a)
Uma palavra de encorajamento:  Deus disciplina por amor. Ele reconstrói a rota. Dá novas estratégias. Um novo recomeço.  Não perca a sua esperança, nem desanime na luta! Meia volta na direção de Deus é dar a volta por cima. Amem!


Por amor a Cristo!