terça-feira, 27 de março de 2012

VIVER A FÉ NO " ÏMPOSSÍVEL" DE DEUS, É POSSÍVEL?




"... A fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem"( Hebreus 11:1)




A fé não é opcional na vida do cristão. É uma necessidade absoluta como o ar que respiramos.  A fé, vai além do crer na existência de Deus, os demônios crêem e estremecem. A Fé é um dom espiritual que habilita o cristão a ter certeza de alcançar promessas que se espera e enxergar fatos que ainda estão por acontecer.
A fé é desafiadora porque ela age no sobrenatural, no "impossível" de Deus.  A Bíblia, diz: "Sem fé é impossível agradar a Deus" ( Heb. 11:6). Significa que sem fé é absolutamente impossível navegar no sobrenatural de Deus, manter viva a esperança do que está sendo preparado para aqueles que são amados do Senhor ( I Co 2:9).
É desafiadora porque o êxito da fé está condicionada a nos submetermos a Deus em todos os aspectos da vida. Quão profunda a letra da música, que diz: "Quando minha fé é provada Tu me dás a chance de crescer um pouco mais". Você concorda que é uma  verdade?
Abrão é nosso referencial de fé. Passou por duras provas, contudo, o que mais marcou a sua trajetória de vida foi a sua obediência a Deus de forma incondicional.  Aprendeu a duras penas, que sem fé e obediência incondicional, a Deus, seria impossível  alcançar as promessas.  Muitas das promessas não alcançou em vida, mas enxegou, pela fé, as futuras gerações tomando posse da terra de Canaã.
Destacaremos três  marcas de fé no "impossível" na vida de Abraão:

1- A marca do "Deixar"
 "Certo dia o senhor disse a Abrão: Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai, e vá para uma terra que eu lhe mostrarei"  ( Gn. 12:1).
Abrão e Sara recebem uma  ordem divina de partirem, sem direito a passagem de volta, para um lugar totalmente desconhecido, agravando-se o fato de estarem com idade avançada. Do ponto de vista humano seria um ato insensato, irresponsável. Do ponto de vista da fé, um ato de navegar pelo impossível de Deus.

Reflita: O que você faria se Deus lhe desse uma ordem, aos olhos humanos impossível de obedecer?

2- A marca do "Receber "
" ... Não será este o teu herdeiro; mas aquele que será gerado de ti será o teu herdeiro... ele creu no Senhor e isso foi imputado para justiça"  ( Gn. 15:4,6).
As circunstâncias não eram nada favoráveis para Sara gerar um filho. Há situações extremas na vida que o exercício da fé deve ser em cumplicidade entre marido e esposa. Sara precisou romper sua incredulidade e unir-se a fé de seu esposo Abraão. Juntos,  navegaram no impossível de Deus e receberam o fruto  da promessa.  
Reflita: Como você reagiria se fosse avisado que receberia uma bênção humanamente impossível?


3-  A marca do "Entregar"  
"... Então disse Deus: pegue agora Isaque, o seu filho único filho, a quem você tanto ama, e vá até a terra de Moriá. Ali, na montanha que eu lhe mostrar, queime o seu filho como sacrifício"  ( Gn. 22:2).
Seguramente esse foi o momento mais difícil para Abraão. Uma experiência em que o "impossível" alcançou o ápice, sacrificar o seu filho, o fruto da promessa, como oferta à Deus.
Viver a fé no "impossível" de Deus significa realizar coisas impossíveis para Deus, sem questionar, sem barganhar e sem murmurar. Abraão passou pelo teste das provas e com louvor. Com isso, a sua inabalável fé e obediência a Deus credenciou-lhe ser o pai de multidões. 
Dedique um tempo e reflita:
. O que você tem feito de sua fé?  A sua fé tem credenciado você a gerar muitos filhos espirituais para Deus? O que você tem ofertado a Deus? O seu Isaque ou o seu Ismael?
. Para você entender, Isaque representa  tudo que está sendo gerado em você como frutos de promessas, de obediência e fé. Enquanto Ismael, representa tudo que está sendo gerado em você como fruto da desobediência e da carne.
. Você concorda que não é nenhum sacrifício ofertar a Deus os frutos da carne? São frutos que nos trazem aborrecimentos, prejuízos, inquietações, etc.
  
. Como você está escrevendo a sua história de fé? Que experiências você tem para contar? Tem experimentado o "impossível" de Deus? Ou você tem tentado barganhar com Deus? Reflita....
Por amor a Cristo!