segunda-feira, 23 de julho de 2012

NÃO DEIXE QUE O MEDO IMOBILIZE SUA VIDA....



“ O Senhor Deus é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O senhor me livra de todo perigo;não ficarei com medo de ninguém”
Salmos 37:1)

Muita gente carrega alguns  tipos de  medos  que imobilizam suas vidas. O medo está dentro de cada pessoa. O medo faz ver, ouvir e sentir coisas que não existem. O medo torna aos problemas maiores do que de fatos são. Que tipo de medo tem imobilizado a sua vida?

Os adultos muitas vezes incutem na criança que medo é sinal de fraqueza. O  menino quando chora  é repreendido: “ homem  que é homem não chora”.  Os sentimentos negativos são ainda mais destrutivos quando reprimidos. Abrem  portas  que podem influenciar nossos pontos fracos quando menos esperamos.

Os sentimentos sinalizam que alguma coisa está acontecendo. Davi quando sentia que o seu coração estava inquieto, sinalizando algum tipo de sentimento negativo, imediatamente checava com Deus: “ Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê  se em minha conduta algo te ofende” ( Sal.139:23-24).  Davi temia que os seus sentimentos negativos,  levassem a caminhos sem volta. O que fazia? Colocava Deus como árbitro de seus sentimentos e de  suas inquietações. 

Outro exemplo  é o medo de fracassar novamente. Experiências  negativas, não resolvidas e não tratadas,  podem levar a um tipo de vida desqualificada ou improdutiva.  Os  vencedores não são aqueles que nunca falham mas os que nunca desistem.

Ninguém melhor que Deus para entender os seus medos e  sentimentos.  Você encontrará na Bíblia, 365 expressões “ não temas”.  Uma para cada dia do ano.   Encha a sua mente do  “não temas”, de Deus.  Firme-se nessas promessas.
“ A Bíblia inteira nos foi dada por inspiração de Deus e é útil para nos ensinar o que é verdadeiro e para nos fazer compreender o que está errado em nossas vidas; ela nos endireita e nos ajuda a fazer o que é correto” ( 2 Timóteo 3:16-BV)

Encorajamos você a dedicar um pouco do seu tempo, e olhar para o seu interior e reflita sobre estas cinco listas. Selecione a coluna que melhor se aplica à sua vida neste instante.
Escala de Qualificação da vida

1
2
3
4
5
(         )
(         )
(        )
(          )
(          )

DESCONFORTÁVEL

CANSADO

INCOMPLETO

FRUSTRADO

TEMOROSO

FREQUENTEMENTE SÓ

IRADO

PRECISANDO DE AMOR

INSEGURO





INSATISFEITO

PROCURANDO

INSUFICIENTE

DESEJANDO
RELACIONAMENTOS
MELHORES

LEVANDO

MELHORANDO

NÃO MUITO
PRODUTIVO

PRECISANDO DE AFIRMAÇÃO

CONTENTE

INDO BEM

NA MÉDIA

ACEITÁVEL

ÀS VEZES
FELIZ,

AS VEZES TRISTE

ESTÁVEL

NORMAL

ASSUMINDO
POUCOS RISCO

EM ADAPTÇÃO

FELIZ

CRESCENDO

SATISFEITO

PRODUTIVO

RELAXADO

LIVRE DE
 TENSÃO

EFICIENTE

DISPONÍVEL

DIVERTIDO

SEGURO

RADIANTE

ENTUSIASMADO

REALIZADO

EXTÁTICO

PODEROSO

FAZENDO DIFERENÇA
(  Extraído)
Se sua escala de qualificação não for a melhor que desejava, medite nesta autobiografia (extraído clássico da recuperação de Portia Nelson)  e reflita por qual rua você caminha....

1-       Caminho pela rua.
Existe um grande buraco na calçada.  Eu caio.
Estou perdido... estou desesperado. Não foi minha culpa.
Levo um tempo enorme para encontrar uma saída.

2-       Caminho pela mesma rua.
Existe um grande buraco na calçada.
Finjo que não o vejo. Caio nele de novo.
Não posso acreditar que estou no mesmo lugar.
Mas... não foi minha culpa.

3-       Caminho pela mesma rua.
Existe um grande buraco na calçada.Eu vejo que ele está ali.
Ainda assim, caio nele... é um  hábito.
Meus olhos estão abertos.
Eu sei onde estou. Foi minha culpa.
Saio dali imediatamente.

4-       Caminho pela mesma rua.
Existe um grande buraco na calçada.
Dou a volta.

5-       Caminho por outra rua......


Caminhar  pela mesma rua  é  viver uma falsa imagem de si mesmo;  
é um tipo de caminho que leva a repetir os mesmos erros; cair no mesmo buraco, significa: navegar pelos caminhos perigosos da internet, do cartão de crédito, do  trabalho sem limite. E  simplesmente, dizer: não foi minha a culpa.

Caminhar  “ por outra rua”  é  deixar cair as máscaras; desmascarar os medos; ser verdadeiro.  É uma questão de  decisão. É viver esta palavra Bíblica:  
“ Livremo-nos de  tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta”  ( Hb. 12:1)   

Por amor  a Cristo!