domingo, 17 de novembro de 2013

COMO VIVER MORALMENTE JUSTO EM UM MUNDO MORALMENTE INJUSTO?


 
 
“... Senhor, quem habitará no teu Tabernáculo? Quem morará   no teu santo  Monte” ( Sal. 15:1)
 
 
 
Cada pessoa  deveria fazer a seguinte  pergunta a Deus: “ Senhor, quem habitará no teu céu? Se você deseja fazer esta pergunta a Deus, abra a sua Bíblia no Salmo 15, encontrará  cinco “ Aquele ”, referindo a pessoa cuja vida moral e ética,  age de acordo com os padrões de Deus. ( Bíblia de estudo- aplicação pessoal – versão Almeida Revista e Corrigida):
 
  “ Aquele “ -  referindo-se a uma pessoa sincera
“... Aquele que anda em sinceridade...” (v.2 )
Andar em sinceridade é romper definitivamente com o padrão do mundo. A trapaça, a falsidade, a mentira, é a linguagem de um mundo perverso e sem Deus.  Deus não pode conviver no coração de uma pessoa com esse padrão mundano.  O Santo Monte de Deus, referindo-se ao Céu morada dos Santos, não terá lugar para quem não  preenche esse quesito: “ que anda em sinceridade”.

2º-  "Aquele” referindo a uma  pessoa  que não difama o seu próximo
“... Aquele que não difama com sua língua nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhuma afronta contra  o  seu próximo” ( v.3).
Neste quesito da difamação quantos de nós cristãos,  incluindo pastores e lideres,  precisamos rever nossas condutas. Refletirmos com sinceridade  e fazermos  um concerto com Deus. As palavras são poderosas, tanto para abençoar tanto para amaldiçoar.  A forma como nos comunicamos uns com os outros interfere em nosso relacionamento com Deus.  Aprofunde mais sobre esse  tema e reflita nas palavras de Tiago 3:1-12.

  “ Aquele” -  referindo-se a uma  pessoa que não se alia com aquelas que não se  sujeitam a Deus
“... Ele despreza aqueles que o Senhor rejeita, mas trata com respeito os que o temem” ( v. 4)
É importante deixar claro que Deus não julga as pessoas com base na etnia, na cor, no sexo, na nacionalidade ou por classe social.  Julga-as com base na fé que depositam nEle e na resposta a sua vontade revelada.  O crente deve estar em aliança com pessoas que vivem a mesma fé e os mesmos padrões éticos e morais, estabelecidos na Palavra de Deus. Não se trata de preconceito, mas de obediência. Não se trata de deixar de amar as pessoas que rejeitam a Deus, mas de repudiar os atos pecaminosos que praticam.

4º- “ Aquele” -  referindo-se a uma pessoa que cumpre com o que trata
“... Ele cumpre o que promete, mesmo com prejuízo próprio” ( v. 4)
A sensação que nos dá que cada quesito que vamos tratando nesse salmo, muitos de nós vamos ficando pelo caminho. Nos sentimos desqualificados.   Não cumprir com o que trata é mito sério. Coloca em risco toda uma construção de um caráter semelhante ao de Cristo. Uma palavra ou um voto empenhado não se desfaz, mesmo que sofra prejuízos.
As gerações passadas não tinham esse problema. Mantinham suas palavras firmadas até  no  fio do bigode, não precisavam de mais nada. Nos dias atuais  até  mesmo o casamento, que é um voto sagrado e de aliança com Deus,  está sendo  rompido por qualquer coisa. Pessoa com  esse tipo de  comportamento, se não ser tratado pelo Senhor e se não abandonar essa prática pecaminosa, segundo as Escritura,  não entrará no Céu.

 5ª-  “ Aquele” – referindo-se a uma pessoa que não seja gananciosa
“... Aquele que não empresta o seu dinheiro com usura, nem recebe suborno contra o inocente; que faz isto nuca será abalado” ( v.5 ).
Ganância é desejar a todo custo  o que não precisa, mesmo tendo que subtrair do outro.  Vivemos em uma sociedade materialista, onde muitas pessoas servem ao dinheiro. Gastam toda a vida acumulando riquezas e empobrecendo espiritualmente.  Ama o dinheiro e perde o amor de Deus.
Se o dinheiro exerce um fascínio sobre você, precisa repensar o seu  modo de viver e buscar libertação.  A ganância,  além de causar prejuízos para a sua vida, causará a outras pessoas também, principalmente a família.

Refletindo:
Todos nós sabemos que a única condição de ir para Céu é através de Jesus Cristo. O nascer de novo, em Cristo Jesus, exige um padrão de vida moralmente justo e  espiritualmente  conectado com a santidade de Deus. Pense nisso!

Por amor a Cristo!