domingo, 22 de junho de 2014

O PECADO É A PRIMEIRA DROGA QUE O HOMEM EXPERIMENTOU NA TERRA, CAUSANDO DEPENDÊNCIA E MORTE.

“...  Se dizemos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós”
 ( I Jo  1:8  NTLH)


O planeta terra está infestado de drogas. Há uma farta variedade de drogas para todo tipo de preferência.  A droga mais recente que está tomando conta dos jovens é a droga chamada Internet. Cerca de 50% dos jovens já estão dependentes dessa droga. Uma droga que causa dependência mental, tornando a pessoa incapaz de gerenciar a sua própria vida.
Não vamos comentar desses tipos de drogas. Nosso foco é  a  droga mãe, geradora de todas as demais drogas: a droga chamada  pecado.  O pecado é sem dúvida a primeira droga que o homem experimentou na terra. Se tornou epidêmica, contagiosa, com alcance universal. Uma droga que se multiplica, se inova e se adapta em qualquer cultura e  condição social.  Vamos conhecer os efeitos danosos dessa droga e o tratamento para libertação e cura.


1º-  A “droga”  pecado  age no sistema mental da pessoa.
“...Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana têm a sua mente controlada por essa mesma natureza” ( Rm. 8:5)
Antes do pecado entrar na mente  humana não havia nenhuma ameaça do homem alterar o seu comportamento. Com o pecado, a raça humana teve o seu DNA corrompido e adulterado. Significa que todos estamos sujeitos a prática do pecado. Essa natureza pecaminosa age na vida da pessoa de tal forma que não há um mecanismo de defesa, um tipo de  “antivírus”, que seja  capaz  de interceptar  a ação do pecado na vida de qualquer  pessoa.
O pecado não é uma enfermidade da alma, sua origem é espiritual. O tratamento convencional, clínico e terapêutico, funciona no tratamento das consequências  geradas pelo pecado, mas não  trata a raiz do problema, a natureza pecaminosa.   Um pouco mais à frente falaremos como tratar essa natureza pecaminosa.

2º- A “droga” pecado  é um veneno  que  leva à morte espiritual...
“... As  pessoas que tem a mente controlada pela natureza humana acabarão morrendo espiritualmente...” ( Romanos 8:6)
A morte física é certa para todos nós. Mesmo que a pessoa tenha um estilo de vida saudável, passará pela morte. O texto  bíblico fala de um outro tipo de morte: a morte espiritual. É a pior das mortes.  Segundo a Bíblia a pessoa que não se libertar dos defeitos dessa droga acabará morrendo espiritualmente, o seu destino   ir para o mesmo lugar  preparado para Satanás  e aos anjos que se rebelaram contra Deus.

3º-  A “droga” pecado coloca a pessoa contra Deus e  em rebeldia aos seus mandamentos.
“... As pessoas que tem a mente controlada pela natureza humana se tornam inimigas de Deus, pois não obedecem à lei de Deus...” ( Romanos 8:7 )
Pecado gera afastamento de Deus. Deus, ser santo,  seu caráter  não compactua com o pecado.  A reação imediata de quem peca é tentar  esconder-se de Deus. Adão e Eva, ao pecarem, tentaram esconder de Deus. Isso é  impossível! O pecado gera rebeldia. A rebeldia faz parte do caráter de Satanás. Rebelou-se contra Deus, tornando o  seu arque inimigo. Sua semente de rebelião está em toda parte.

4º- A “droga” pecado leva a pessoa a viver um estilo de vida que jamais agradará a Deus .
“... As pessoas que vivem de acordo com a sua natureza humana não podem agradar a Deus” ( Romanos 8:8).
A Bíblia aponta dois tipos de pessoas:  “ Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não serve” (Mal. 3:18). O pecado gera uma natureza perversa que  jamais conseguirá agradar a Deus.  Por mais que a pessoa esteja bem intencionada, pratique obras boas, se a natureza pecaminosa não for transformada em Cristo Jesus, suas obras continuam não agradando a Deus. É como comer do fruto bom da árvore do bem e do mal, produzirá morte.

Qual o antídoto para curar a natureza pecaminosa que gera pecado e morte?
A palavra de Deus tanto  aponta o pecado e as consequências, como também  aponta o remédio para o pecado. Vamos aos  textos, que se encontram no mesmo capitulo 8 de Romanos, que são   antídotos para curar a natureza pecaminosa e dar vitória sob o pecado.

( Romanos 8:31-39)—Vamos por parte....

(v.31) “ Diante de tudo isso, o que mais podemos dizer? Se Deus está do nosso lado, quem poderá nos vencer? Ninguém!”
 . De tudo que a Bíblia descreveu, dos efeitos maléficos do pecado, o próprio Deus  posicionou-se a  nosso favor, colocando-se como o antídoto para eliminar o poder do pecado sobre nós. Como assim?..... veja o que Deus fez, por você e por mim....

(v.32) Porque ele nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho, mas o ofereceu por todos nós! Se ele nos deu o seu filho, será que não nos dará também todas as coisas?”
. O sacrifício de Jesus Cristo é ato  único e suficiente para nos devolver a natureza anteriormente criada por Deus, antes do pecado. O pecado pode estar agindo em sua carne, mas não terá poder para escravizar sua mente. O pecado passa ser um ato involuntário e acidental; não mais,  um ato constante e progressivo, que leva a morte.  Você e eu estamos livres de todo tipo de acusação. Quem garante é a palavra de Deus...

(v.33) Quem acusará aqueles que Deus escolheu? Ninguém!  Porque o próprio Deus declara que eles não são culpados”.
. A pessoa transformada em Cristo Jesus, transferiu de domínio. A titularidade agora é do Senhor Jesus. Por mais que o Diabo queira acusar, ou lançar setas inflamadas contra ela, haverá interceptações dos céus para protegê-la. Também, você e eu, estaremos livres de qualquer ameaça e  condenação. Temos a garantia no texto sagrado que diz....
 
(v. 34) " Será que alguém poderá condená-los? Ninguém! Pois foi Cristo Jesus quem morreu, ou melhor, quem foi ressuscitado e está à direita de Deus e Ele pede a Deus em favor de nós”.
. Não haverá nenhum tipo de condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. Nenhum tipo de droga, inclusive o pecado,  terá efeito de condenar a morte um filho de Deus.  A mente corroída pela droga pecado, não terá domínio sobre ela, porque?

(v.5.b) “ Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus, tem a sua mente controlado pelo Espírito”.
. É impossível uma pessoa, cuja mente controlada pelo Espírito de Deus, seja escravizado por qualquer tipo de droga, mesmo a droga chamada pecado.

Refletindo:
Que esta meditação, através da Palavra de Deus ministrada  possa produzir antídoto para muitas mentes que continuam escravas do pecado e de outros tipos de drogas. Tome cuidado e sê vigilante para não deixar que o pecado torne um vício em sua vida. O pecado muitas vezes repetido e  não confessado e abandonado pode ser um convite ao desastre.
Por amor a Cristo!