domingo, 27 de julho de 2014

PERDÃO E ETERNIDADE: O QUE VOCÊ PENSA E O QUE A BÍBLIA DIZ HÁ SINTONIA?


“... Porque, se perdoardes aos homens  as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas”
( Mateus 6:14)


Vivemos num país de plena  liberdade  que permite  expressar o que pensamos e no que cremos. Em se tratando  de liberdade é muito bom, o problema  está em como usar essa liberdade  para expressarmos o que pensamos e cremos. Como cristãos temos que usar bem a liberdade que temos  para expressar
o que pensamos e cremos, cuidadosamente  à Luz da Palavra de Deus.


Vamos refletir sobre o  perdão e eternidade: O que você pensa e o que  a Bíblia diz  há sintonia ?

O  Brasil perde um de seus expoentes membros  da Academia Brasileira de Letra, mestre Ariano Suassuna.  Ouvindo com muita atenção uma recente entrevista,  a um importante canal de televisão, chamou-me a atenção o comentário que fez sobre o perdão. Perguntado se perdoaria, o assassino do seu pai, quando ainda era criança, ao que ele respondeu:  “ depois de oito décadas, relutando sobre perdoar ou não, tive  um entendimento iluminado; ficou claro dentro de mim  a necessidade do perdão ao ofensor. Pude entender  que o   perdão é necessário para que uma pessoa saia do inferno. O inferno não é um lugar definitivo. O próprio diabo será perdoado por Deus”. ( extraído   parte da fala sobre o perdão, apresentado  pela TV a cabo, canal 40  da Rede Globo).

É evidente  que se trata de um depoimento de uma experiência pessoal. Mas,  tratando-se   de uma pessoa,  referência   de nossa  literatura, certamente esse seu depoimento influenciará muitos leitores e simpatizantes de suas obras literárias.  Há muitas formas de pensar sobre o perdão.  Entretanto, a  única autoridade a falar sobre o assunto é Deus.  A Luz da Bíblia, vamos refletir de forma simples e objetiva sobre o  perdão ligado à   eternidade.

O PERDÃO É UM MANDAMENTO DIVINO À TODOS , NÃO É OPCIONAL.

1 -   O Perdão acontece tanto da parte de Deus  quanto  entre  as pessoas.
“.... ... perdoa-nos as nossas ofensas, tal como temos perdoado aqueles que nos ofendem” ( Mateus 6:12)
O Senhor Jesus vendo a hipocrisia dos religiosos, na forma como oravam, ensinou como deveríam orar. Na sua oração, inclui o perdão tanto da parte de  Deus quanto entre pessoas. Ensinou que o perdão é uma ação que parte  do coração, necessária para limpar as ofensas,  sem a qual,  não haverá  livre trânsito de comunhão com Deus e com o próximo.

“... Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão fazendo” ( Lc. 23:34)
O próprio Senhor Jesus teve que praticar o perdão aos seus algozes.  Por sermos pecadores o seu perdão alcançou cada um de nós.

2- O perdão de Deus  acontece quando há confissão e arrependimento.
“... Se confessarmos os nossos pecados (ofensas), ele é fiel e justo para  nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” ( I Jo 1:9)
A confissão dos pecados  tem a função de nos purificar e restabelecer a comunhão com Deus. Liberta-nos de todo sentimento de culpa. Há pecados que mesmo perdoado, não nos livra das consequências. Por exemplo: um adultério, desse ato  gerou um filho, o pecado confessado é perdoado, por Deus; entretanto, todas as responsabilidades da paternidade  serão exigidas.

3- O Perdão de Deus,  que nos liga a eternidade,  acontece enquanto temos vida e em plena consciência.

 Leia com atenção e pacientemente  esse ensinamento do Senhor Jesus  acerca da vida depois da morte:
“ Ora, havia um homem rico, e vestia-se  de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.  Havia também um certo mendigo,chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas aporta daquele. E desejava alimentar-se com as migalhas que caiam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhes as chagas. E aconteceu que o mendigo morreu e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico e foi sepultado. E, no Hades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão e Lázaro, no seu seio. E, clamando, disse: Abraão, meu pai, tem misericórdia de mim e manda a Lázaro que molhe a água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebestes os teus bens em tua vida, e Lázaro, somente males; e agora, este é consolado, e tu, atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tão pouco os de lá, passar para cá. E disse ele: Rogo-te, pois ó pai, que o mandes à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos, para que não venham também para este lugar de tormento. Disse-lhe  Abraão: Eles tem Moisés e os Profetas: ouçam-nos. E disse ele: não Abraão, meu pai, mas, se algum dos um mortos fosse ter com eles arrepender-se-iam. Porém Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco acreditarão, ainda que alguns dos mortos ressuscite” ( Lucas 16:19-31).

 Pouco se lê e  se ensina desse  importante  ensinamento de Jesus.  Poderíamos chama-lo   de “ O fim das oportunidades”.    Duas atitudes a tomar:  Ou ficarmos com o que o Mestre dos mestres está nos  ensinando, sobre o perdão e a eternidade, ou, vamos seguir ensinamentos de outros mestres que nenhuma autoridade tem sobre vida após a morte. A nossa referência para os assuntos espirituais é o Livro Sagrado  à Bíblia.

Sobre, Satanás e os anjos que pecaram, o que a Bíblia diz do destino deles?
“.... E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre” (Apoc 20:10)
O julgamento já está consumado. Prevalecerá  a Soberania de Deus e a Sua plena Justiça. O perdão de Jesus, na Cruz, está destinado ao pecador enganado por Satanás.
 " Portanto, agora já não há nenhuma condenação pra aqueles que pertencem a Jesus Cristo" ( Rm. 8:1.)

 Reflexão:
"...Ele (Jesus)  respondeu: " Eu afirmo a vocês que, se eles ficarem calados, as pedras gritarão!" ( Lucas 19:40)
Que a sua liberdade de expressar,  de pensar e de crer  estejam  em conformidade  à luz da Palavra de Deus.  Qualquer  outra coisa diferente  correrá o risco de estar   na lista  de Apocalipse  20:10.  Deus o Abençoe!

Por amor a Cristo!