sábado, 9 de agosto de 2014

PATERNIDADE: UM DOM DE DEUS!

“... Bem – aventurado aquele que teme ao  Senhor e anda nos seus caminhos! Você comerá do fruto do seu trabalho, e será feliz e próspero. Sua mulher será como videira frutífera em sua casa; seus filhos serão como brotos de oliveira ao redor da sua mesa. Assim será abençoado o homem que teme o Senhor ( Sl.128: 1-4)

Como pai cristão  sinto-me encorajado neste data  especial do dia  dos pais,  trazer uma palavra a todos os pais cristãos. Por se tratar de  uma  data comemorativa,  leva-nos a   uma profunda reflexão do nosso papel como homens de Deus, na sublime tarefa de exercer uma paternidade responsável e comprometida com os valores de Deus. A paternidade é um dom de Deus, mas muitos de nós pais agimos na obra da carne.

PATERNIDADE:  PROMESSAS DE BÊNÇÃOS
 O  Salmo 128 é o  Salmo da promessa, destinado para o  homem que cumpre as suas funções de líder de sua casa, de marido e de  pai:
u É um homem feliz.
u Trabalho Abençoado e próspero
u  Uma esposa frutífera como uma videira;
u  Filhos abençoados como frutos de oliveiras;

Quando o homem de Deus não alcança ao longo dos anos, esses resultados, algo em
sua vida não funcionou como Deus gostaria.
 
Por quê muitos Homens de Deus não contabilizam as bênçãos do Salmo 128?  Algumas razões:
u  Faltam-lhes  conhecimento e habilidades  na aplicação dos  Princípios da Lei da Semeadura . Conhecimento sem habilidade gera fracasso.
u  Subestimam os perigos que rondam os seus corações, fogem da confrontação pessoal.
u  Vivem uma vida sem transparência.
-     A lei da semeadura é implacável:  o que se planta, se colhe.  Colhe-se mais do que  semeou.
 
PATERNIDADE:  QUANDO SE TORNA UM FRACASSO
 Por quê muitos Homens de Deus contabilizam fracassos e não bênçãos?
O rei  Davi foi um homem que contabilizou muitos sucessos como  comandante militar.  No entanto, contabilizou grandes fracassos como comandandante de sua própria família.  Por quê?
“... Uma tarde aconteceu  que Davi se deitou para descansar, mas não conseguiu dormir. Então ele se levantou e foi para o terraço do palácio real e começou a prestar atenção em uma mulher muito bonita  que tomava o seu banho” ( 2 Samuel 11:2)
Você conhece essa história e sabe do desfecho  dela. Uma tarde  qualquer que  não só mudou  a vida de Davi,  mas trouxe tragédias para sua geração ( leia 2 Samuel 11,12).  Muitos homens de Deus perde o sono e vão para a internet navegar;  e nessas navegações despretensiosas, os olhos indomáveis capturam cenas imorais,  e  partir daí , à vida de muitos homens mudam a sua história e até de seus casamentos.
 
As estatísticas apontam um quadro bastante desfavoráveis para muitos  homens cristãos:  70% dos homens cristãos lutam com o pecado da lascívia.  
 
 -  Pesquisa feita entre os pastores Americanos:
.  Perguntado  a centenas de pastores e missionários : suas expectativas para o ano que se iniciava - ( dos 22 Itens, selecionamos 4)):
-      Oração e  família em penúltimo e último lugar;
-      33% dos entrevistados estavam insatisfeitos com o nível de intimidade em seus casamentos;
-      6% dos cônjuges, dos entrevistados, estavam igualmente insatisfeitos;
-      19% tinham algum tipo de contato sexual impróprio com outra pessoa que não o seu cônjuge, enfrentavam o pecado da  lascívia.
 
.  Outra pesquisa apontou que os obreiros mais satisfeitos e produtivos no ministério eram aqueles que estavam bem em seus casamentos e relacionamentos familiares.
 
A ganância e a lascívia  rondam o coração do todo o homem de Deus.
O seguro de proteção contra a  ganância e a lascívia  está na recomendação de Paulo ao jovem pastor Timóteo:  ( I Tm. 6;11)
 “... Mas tu,  ó Homem de  Deus, foge destas coisas e segue a  justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão”.
 Refletindo:
Que esta reflexão ajude você entender que a paternidade é uma das funções mais nobres de um homem de Deus. É um dom de Deus!  Se você tem contabilizado bênçãos, parabéns! Se tem contabilizado fracassos, arrependa-se, peça ajuda de pessoas e mude o curso de sua vida. O Senhor sempre fará renascer coisas novas em sua vida. 
" Obrigado, meu Pai, por me trazer a existência, e me abençoar com filhos  maravilhosos. Obrigado, pela vida do meu pai, que foi o escolhido   trazer-me ao mundo" .
Por amor a Cristo!