domingo, 26 de outubro de 2014


VOTAMOS, E AGORA? COMO CRISTÃOS NOSSA TAREFA APENAS COMEÇOU!...

"Não tenham na bolsa dois padrões para o mesmo peso
um maior e outro menor.
Tenham pesos e medidas exatos e honestos,
para que vocês vivam muito tempo na terra que o Senhor, o seu Deus, lhes dá.
 Pois o seu Deus detesta quem faz essas coisas,
quem negocia desonestamente” ( Dt. 23:13-16)
 
 
 
 Antes de conhecermos os resultados das urnas compartilhamos com os nossos  irmãos e irmãs essa reflexão.
Terminadas as eleições os brasileiros escolheram os novos governantes, gerando nas pessoas grandes expectativas que o Brasil vai mudar.  E agora? Como cristãos a nossa parte não termina com o voto, apenas começou!  As mudanças que precisamos não são apenas mudar os rumos da  economia, eficiência na gestão pública, são mais que mudanças estruturais.  São mudanças que precisam da intervenção de Deus. Portanto, uma mudança espiritual, que só os cristãos, comprometidos com os valores espirituais, estão aptos a fazer.

Conheça esses  dois  exemplos  que mudaram a historia  de um país:

 Dois pequenos comerciantes cristãos mudaram a história de seu País. Isso aconteceu na Idade Média, em Londres, Inglaterra.  Esses dois pequenos comerciantes decidiram praticar os seus negócios, aplicando os princípios bíblicos, prescritos em Deuteronômio 23:13-16.  Tanto nos pesos, nos preços,   na qualidade dos produtos e na eficiência do atendimento ao consumidor.  Fizeram entre os dois, um pacto de lealdade de aplicarem medidas e preços justos sem perder a qualidade dos produtos e dos serviços.

Depois de um tempo de turbulência, de  prejuízos e perseguição, a população ao tomar conhecimento  da luta  desses dois heróis comerciantes, começaram apoiá-los,  e em pouco  tempo,  tornaram-se grandes comerciantes expandindo seus negócios a outras regiões da Inglaterra.
 
O sucesso tornou-se tão atrativo para outros comerciantes, que atuavam em outros segmentos  de negócios,  que se uniram e criaram uma associação estabelecendo princípios bíblicos  que passariam a nortear os seus negócios.  A independência dos Estados Unidos  teve forte influência desse sistema  capitalista,  arduamente  defendido e desenvolvido por Adam Smith,  não é por acaso que  os Americanos tornaram-se numa super potencia econômica mundial.

Os resultados espirituais foram surpreendentes. No  século XIX, Londres foi o centro do movimento missionário à  África, Índia e China. Tudo começou com dois pequenos comerciantes que decidiram ser cristãos de verdade.

O mais impactante ainda que essas  associações de homens de negócios à Luz da Bíblia,  passaram a eleger os xerifes e prefeitos da cidade dentre suas fileiras. 

Com base nessa história, por onde começar as mudanças em nosso País?

Como cristãos não temos outro caminho a não ser pelo caminho espiritual, voltando aos princípios e aos valores bíblicos.

Estamos convencidos disso por  razões óbvias:

1 -   Porque  no modelo dos homens, os valores morais e éticos são  ditados de acordo com suas crenças e convicções.  São, portanto,  por conveniência  e discriminatório. Enquanto, no modelo Deus, jamais  haverá dois pesos e duas medidas.

2 -  Porque no modelo dos homens, a verdade é relativa. Enquanto,  Deus,  trabalha sobre verdade absoluta. O valor moral de Deus é pelo que é certo ou errado e não pelo que é legal ou ilegal. O mundo optou pelo padrão amoral. A  amoralidade está se tornando cada vez mais o  fundamento moral predominante no mundo. Os homens criaram leis defendendo, por  exemplo, que uma união de pessoas, do mesmo sexo, é legal. Moralmente aceito.  Para  Deus é abominação. Moralmente reprovável. Em muitos casos pessoas são inocentadas, por provas forjadas e por defensores que não estão a serviço da verdade. Enquanto  pessoas são  condenadas, por que não conseguem provar a inocência.  Dois pesos e duas medidas, na justiça. 
 
3 - Porque os valores espirituais são inalteráveis, independente de pessoas, funções, classes sociais e culturais. Esses valores são: integridade, honestidade, lealdade, fidelidade, verdade , compromisso, organização e esperança.  Esse conjunto  forma o  padrão perfeito de Deus, indistintamente para todos. Esses valores possuem apenas um peso e uma medida.

4-  Porque  tem tudo a ver com o caráter de Deus. O caráter de Deus é: respeito, justiça, dignidade, imparcialidade, graça, compaixão, perdão, interdependência e amor. O mundo rejeita  esses atributos de Deus.

5- Porque as pessoas foram dotadas, por Deus, para servir pessoas:  serviço, excelência, diligência, valor, qualidade,  é o mínimo que Deus requer de cada indivíduo.

6- Por último, porque  os problemas nacionais são resultados de transgressões às leis de Deus. Não importa se a nação é ímpia ou cristã, quando as leis de Deus são transgredidas os resultados serão  os mesmos, sempre desastrosos.

Se as mudanças tem a ver com os valores espirituais, de quem Deus cobrará  essas mudanças?
No passado Deus usou dois homens, em tempos diferentes e em nações diferentes, para serem agentes de transformações, foram eles: José e Daniel. José saiu do calabouço para o palácio. Daniel saiu do palácio para cova dos leões e retornou ao palácio muito mais forte do que saiu.  José fez a diferença no Egito; e Daniel fez a diferença na Babilônia. Foram usados, porque eram homens cheios do Espírito de Deus, não comungavam com as práticas mundanas. Não fizeram doutorado em nenhuma Universidade famosa, apenas estavam disponíveis para Deus usa-los.  

 No tempo que se chama hoje,  Deus cobrará dos seus profetas para denunciar os abusos. Cobrará da Igreja para ser o sal e a luz no mundo. Cobrará de cada cristão, onde estiver, não importa o que esteja realizando, uma postura de testemunhar a sua fé, custe o que custar.  Homens e mulheres cheio do Espírito de Deus, em suas áreas de influência façam a diferença. Assim, veremos, um pais verdadeiramente cristão e impactará as mudanças sociais e econômicas. O Brasil, verdadeiramente,  sendo um celeiro de envio de missionários para o mundo. Esse  é o país que nós cristãos sonhamos! De um só peso e uma só medida, para todos. Amem!

Por amor a Cristo!