sábado, 6 de junho de 2015

COMO CONSTRUIR UM CASAMENTO VENCEDOR!?


 ”... Se não for o Senhor o construtor da casa, será inútil trabalhar na construção” ( Sl. 127:1)
 
Não há uma receita pronta para um casamento vencedor.  A Bíblia aponta princípios fundamentais que torna o casamento forte para vencer as tempestades da vida e cumprir o seu propósito na terra, multiplicar e ser abençoada.

Vamos compartilhar alguns desses princípio:
 
1-  O casamento firmado em aliança com Deus.
 
"E perguntais: Por que? Porque o Senhor foi testemunha da aliança entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança" Mal 2:14
Um casamento bíblico está firmado numa união entre  um homem e uma mulher que se unem em aliança com Deus para viverem até  a morte de um dos cônjuges.  É voto sagrado que além de perpetuar gerações,  trará  segurança para quem deixa pai e mãe e se une a outra pessoa.  O casamento não é um contrato de curto, médio ou longo prazo. É uma aliança que se perpetua através das gerações. Deus ao criar Adão e Eva os criou  com propósito de  multiplicarem  em multidões  de  gerações.  Somos frutos dessa semente multiplicadora.

2- O casamento firmado com propósito de construir um projeto geracional.
"....Deus os abençoou e lhes disse: "Sejam férteis e multiplicam-se!..." ( Gn 1:27.a)
Um casamento vencedor investe em gerações e não em projetos materiais. As estatísticas apontam uma das principais causas de conflitos e separações são  as questões financeiras e ambições pessoais.  Essas ambições pessoais tem causado diminuição no tamanho da família, os filhos ficando em segundo plano.  O casamento  firmado  com propósito de  construir um projeto geracional será bem sucedido.

3-  O casamento onde o casal caminha juntos em unidade.
 
"Duas pessoas andarão juntas se não estiverem de acordo?" ( Amós 3:3)
Caminhar em unidade não significa que o jeito de ser de cada um  seja  anulado. Em um time de futebol os jogadores não anulam suas habilidades, mas será um time vencedor  se concordarem com a tática do seu técnico. Do mesmo modo, esposo e esposa que não conseguem chegar a um acordo quanto as suas decisões não  terão um casamento  vencedor. Essa regra vale como lidar com as finanças, onde investir, como educar os filhos, etc.

4- O casamento onde há acordo como caminhar com os parentes próximos.
Essa questão é muita delicada.  Mas é pertinente entrar no rol de um casamento vencedor. Como caminhar com os parentes próximos, como pais e sogros, deve ser assunto acordado mesmo antes do casamento.  O casamento não quebra laços parentescos, mas é  um ato de deixar  físico e emocional onde o filho ou a filha  deixa a casa dos pais para se unir formando uma outra família. Não significa que os filhos deixem de amparar os pais na velhice,  se necessário, acolhe-los e cuidar deles.

5- O casamento onde há concordância em caminhar juntos na fé cristã.
 
" Não se ponha em jugo desigual com descrentes (...) ( 2 Co 6:14)

Se concordamos que o casamento é uma aliança com Deus,  o caminhar juntos na fé cristã torna o casamento firmado na Rocha. Uma casa dividida não prosperara. Essa regra vale também para uma fé dividida. Quando os pais praticam fé diferente do outro isso trará  confusão na cabeça dos filhos. Caminhar juntos na fé   já não é tarefa fácil, muito pior será se  o casal não andarem em concordância nessa área.  Correrá risco de não ser um casamento vencedor.

6-  O casamento onde o marido e a esposa não negligenciam suas responsabilidades básicas um para o outro.


 Na medida que o tempo passa, os compromissos aumentam, os filhos chegam, então, começa o desvio do foco do cuidado e da atenção do marido para com a esposa e da esposa para com o marido.
O marido pode ficar ocupado demasiadamente com o seu trabalho ou até mesmo com um projeto pessoal. ocupando o tempo precioso que deveria ser da esposa. Enquanto a esposa, com a chegada dos filhos, o marido pode ser sentir substituído pelos filhos. Um casamento vencedor não  negligência as responsabilidades de amar, proteger, suprir as necessidades físicas, emocionais, sexuais e espirituais um do outro. A regra do vencedor é sempre pensar que o mais importante vem primeiro. O trabalho, tarefas, fianças, filhos, ministério, igreja ou outros compromissos externos, são importantes, mas não devem substituir o papel de ser  marido e de ser  esposa.
 
Refletindo:
O casamento é um projeto de vida dos mais importantes, por isso, merece um cuidado especial desde a sua concepção e na alimentação em todas as fases que o casamento passa. Negligenciar isso é colher um casamento fracassado. Os princípios de um casamento vencedor que compartilhamos não param aí. Você pode e deve melhorar esses e contribuir acrescentando outros importantes que a Bíblia nos aponta. Que o seu casamento esteja vivendo esses valores, caso precise de ajustes e de ajuda, busque o quanto antes.
 

 
 
 
FAÇA ALGO ESPECIAL NO DIA DOS NAMORADOS! VALORIZE QUEM VOCÊ !!!!!......
 
 
Por amor a Cristo!