sábado, 27 de junho de 2015

VIVENDO O SOBRENATURAL DE DEUS NO CONTEXTO NATURAL DA VIDA CRISTÃ! ( PARTE I)

 
 
“.... Quanto a antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos,s a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade proveniente da verdade” ( Efésios 4:22-24)
Quando pensamos em sobrenatural de Deus logo vem a mente acontecimentos extraordinários que a Bíblia relata, como:  o sol parou, o mar se abriu, os três jovens na fornalha, Daniel nas cova dos  leões, multiplicação dos pães, água se transformando em vinho, etc.  O sobrenatural de Deus deve acontecer também no contexto  natural da vida cristã, como: não romper o sinal fechado, não ocupar uma vaga de estacionamento preferencial, tratar honrosamente as pessoas, honrar a autoridade constituída, lealdade  conjugal, ser correto nos negócios,  não ser maledicente, não ser  fofoqueiro. Podemos aprofundar mais, tomando por exemplo, I Coríntios 10:6-13.  

Vamos pensar  algumas  ações que contribuem a viver no sobrenatural de Deus no contexto natural da vida  cristã     - Parte I.  ( você pode e deve ampliar essas ações....).


1- Quando amamos pessoas que não  desejam a nossa amizade.
“... Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: Amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam” ( Lucas 6:27)
O amor de Deus revelado em seu filho Jesus Cristo é o maior exemplo de entendermos o amor sobrenatural. Deus,  amando a mim sendo um   pecador, amou-me   com a mesma intensidade como  amou  o seu Filho Jesus Cristo. Reflita um pouco mais sobre essa questão em romanos 12:9-21). Se você e eu formos capazes de viver esse nível de amor estamos vivendo no sobrenatural de Deus no contexto  natural da vida cristã.

2- Quando socorremos pessoas que cruzam  nosso caminho vítimas de      atos de
     crueldade e discriminação.
‘ Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrva o homem e, quando o viu, teve piedade dele” ( Lc. 10:33)
Esse  tipo de socorro a pessoas vitimas de crueldade, convenhamos não é  uma ação  simples de se praticar.  Esse nobre gesto só pratica  quem vive o sobrenatural de Deus.  Nem o  religioso nem o levita passaram pelo teste de Jesus.; “ descendo pela mesma estrada um sacerdote. Quando viu o homem,passou pelo outro lado. E assim também um levita...” ( Lc. 10:31-32. ) A figura do samaritano é uma representação da prática cristã que Jesus aprova.  Isso é andar no sobrenatural no  contexto natural da vida cristã.

3- Quando servimos pessoas sabendo  que não teremos nenhuma  recompensa pelo
     feito praticado.
“... Aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele”  ( Lc. 10:34)
O Senhor Jesus ensina na parábola do bom samaritano,  que só se pratica gestos dessa magnitude, quem vive o amor sobrenatural de Deus. O homem natural quer recompensas pelo que faz. Casais que vivem no sobrenatural vivem um casamento de doação sem pensar em retorno.  Filhos que vivem no sobrenatural   honram os pais não pelo que fazem mas pelo que são. Cidadãos que vivem o sobrenatural  submetem as autoridades constituídas por dever e não por mérito. Vale a pena conferir as instruções de Paulo em Efésios 6:1-9. Praticando essas coisas é viver o sobrenatural de Deus no contexto  natural da vida cristã. 

4-  Quando dedicamos as primícias  do ganho e oferecermos o  nosso melhor a Deus.
“... Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda...” ( Pv. 3:9-10) 
Esse é um quesito que Deus não  abre mão. Foi assim com o povo de Israel e continua sendo assim com a nação eleita, chamada igreja.  A fidelidade e o comprometimento com o Reino de Deus é condição para viver no sobrenatural de Deus. As comportas dos céus se abrem para os fiéis. A maneira como lidamos com nossas finanças reflete a nossa fidelidade a Deus. Reflete a nossa dependência de Deus. Andamos no sobrenatural de Deus tanto em momentos de fartura como de escassez.Tanto nos momentos dos ventos favoráveis quanto contrários. O “ Ainda que...” de Habacuque 3,  é o grande teste do andar no sobrenatural de Deus no contexto  natural da vida cristã.  

5- Quando nossas ações andam na contra mão do mundo.
“...Não se moldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente...” (Rm.  12:2)
Andar no sobrenatural de Deus vai além de práticas religiosas. Separar o secular do espiritual não é uma prática cristã bíblica   Os cristãos comprometidos com  Deus não tiveram no passado , não estão tendo no presente  e não terão no futuro   vida fácil aqui no mundo. Precisamos entender que a perseguição  faz parte da vida do cristão. A luz não combina com as trevas,  nem a verdade com a mentira. Ser sal da terra e luz do mundo é viver o sobrenatural de Deus no contexto   natural da vida cristã.

REFLETINDO:
Quando lemos  os primeiros três primeiros versos de I Co 13,  aparece a  palavra “ainda que”,  nos leva a repensar a maneira como estamos praticando a vida cristã. Não se vive a vida cristã na forma natural no  homem natural. Mas sim, se vive a vida na forma sobrenatural na vida do homem regenerado em Cristo Jesus.  Essa  metamorfose, do homem natural para  o homem espiritual,  só se explica pela experiência do nascer de novo. ( confira  I Co 5:16-17).
 
Daremos sequencia ao assunto na próxima publicação.  Você tem toda  liberdade em aceitar, rejeitar ou ampliar o entendimento do assunto.
 
Por amor a Cristo!