domingo, 19 de julho de 2015

HERÓIS DA FÉ QUE DEUS NÃO SE ENVERGONHA DE SER CHAMADO DE DEUS DELES!



“... Se estivessem pensando naquela de onde saíram, teriam oportunidade de voltar. Em vez disso, esperavam eles uma pátria melhor, isto é, a pátria celestial. Por essa razão Deus não se envergonha de ser chamado o Deus deles,e lhes preparou uma cidade” Hebreus 11:16  (NVI)
Hebreus 11:39 afirma que todos os  heróis receberam bom testemunho por meio da fé; no entanto, nenhum deles receberam  o que havia prometido. O que esses heróis, da fé, fizeram de tão extraordinário ao ponto do próprio Deus não ser envergonhar de ser chamado o Deus deles? Cada personagem, de Hebreus 11,  viveu uma historia de afinidade com Deus.

Vamos relembrar um pouco de cada um deles: ( seguindo  a ordem de Hebreus 11 ):


( ABEL)  OFERTOU  A DEUS  O QUE TINHA DE MELHOR
“... O Senhor aceitou   com agrado Abel e a sua oferta..”( Gn. 4:4)
Um herói que viveu pouco tempo na terra, sua vida foi covardemente ceifada pelo próprio irmão. Entretanto, deixou um grande exemplo de como agradar o coração de Deus: “Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho”( Gn.4.4). Deus não se envergonha de ser chamado de Deus de Abel. O que não pode dizer a mesma coisa para Caim. Há muitas entregas de ofertas com motivações erradas. Para esses,  Deus não se agrada e se envergonha de ser chamado o Deus deles. Foi assim com Ananias e Safira ( Confira Atos 5:1-11)

(ENOQUE) ANDOU  INTENSAMENTE COM DEUS QUE ROMPEU O PODER DA MORTE   

“E andou Enoque com Deus; e não se viu mais, porquanto Deus para si o tomou”.
( Gen 5:24)
Difícil explicar esse tipo de andar com Deus. A condição para estar com Deus é uma vida limpa, isenta da prática do pecado. Foi o que aconteceu com Enoque. Sua vida o credenciou a fazer parte  da galeria da fé, de Hebreus 11 . Paulo  faz a seguinte declaração a esses heróis: “ por essa razão Deus não se envergonha de ser chamado o Deus deles” Hb. 11:16 (NVI). Que relacionamento profundo! Não há dúvidas que Enoque  viveu uma vida de santidade irrepreensível. Andar em santidade irrepreensível deve ser o padrão do cristão. A santidade é única condição para ver Deus. Andar em santidade não nos credencia a não passar pela morte física, mas nos credencia a uma das duas coisas: em vida, ser arrebatado com Cristo; na  morte, ser ressuscitado para  Cristo. Andar com Deus rompe o poder sobre a  morte.  Esse padrão de santidade agrada tanto  o coração de Deus, a ponto de não se envergonhar de ser chamado o seu  Deus.

(NOÉ)    ACREDITOU NO PROJETO  DE DEUS QUE AOS OLHOS DO MUNDO É LOUCURA 
“... Noé era um homem justo, íntegro entre o povo da sua época; ele andava com Deus...” ( Gen. 69)
Enoque andou com  Deus e Deus para si tomou.  Noé andou  com Deus foi chamado para realizar um projeto totalmente estranho para  a época e  que marcou a história da humanidade. Acreditar no projeto Deus  é para quem anda com Ele. Os heróis tinham algo em comum, acreditavam fielmente na missão pela qual abraçaram, porque andavam com Deus. Esse padrão de acreditar incondicionalmente, agrada tanto o coração de Deus de não se envergonhar de ser chamado o seu Deus.
(ABRAÃO)  TOMOU POSSE DE UMA PROMESSA HUMANAMENTE IMPOSSIVEL
“... quando chamado, obedeceu e dirigiu-se a um lugar que mais tarde receberia como herança, embora não soubesse para onde estava indo” ( Hb. 11:8)
A Abraão não foi chamado de o pai da fé por acaso. Suas obras foram extraordinárias, em situações humanamente impossível. Já na velhice acreditou nas promessas de Deus que seria pai de multidões, mesmo sabendo das impossibilidades de sua mulher gerar filhos.  Pai, aos cem anos,  foi  provado e aprovado quando  Deus requereu  o seu único filho para ser sacrificado. Homens e mulheres de fé, a exemplo de Abraão e Sara, Deus jamais se envergonhará de ser chamado  o Deus deles.

( ISAQUE) CUMPRIU O PAPEL DE UM PAI PROFETICO AOS FILHOS
“... abençoou Jacó e Esaú com respeito ao futuro deles” ( Hb. 11:20).
Deus deu aos pais uma grande missão: Incutir a Identidade e o destino dos seus filhos. Isaque não  abençoou os seus filhos com qualquer bênçãos. Com olhos proféticos, olhou para o distante futuro, e os abençoou. Cumpriu o seu papel de pai presente na vida dos filhos. Os filhos são heranças do Senhor ( Salmos 127:3). A benção dos pais é tão poderosa que autoriza o filho/a a prosperar na vida. O futuro dos filhos não depende dos pais, mas a influencia e palavras proféticas pavimentarão o caminho deles.  Deus não se envergonha de ser chamado Deus de um pai que abençoa um filho a viver todo o seu potencial e que cumpra sua missão e destino.

( JOSÉ )  NÃO NEGOCIOU A SUA ORIGEM  PREFERIU SER CIDADÃO DOS CÉUS
“... no fim da vida, fez menção do êxodo dos Israelistas do Egito e deu instruções acerca dos seus próprios ossos”( Hb. 11:22)
Os grandes feitos de José em favor do Egito o credenciou a ser um dos heróis daquele país. Preferiu abdicar-se de ser lembrado como herói de um país dominador na época, a ser um dos heróis da fé acreditando nas promessas de Deus. Até os seus ossos, a seu pedido, seguiram rumo ä terra de Canaã. Deus não envergonha de ser chamado  Deus de um José que se abdicou de títulos honoríficos da terra, para ser cidadão da pátria celestial:  “Em vez disso, esperavam eles uma pátria melhor, isto é, a pátria celestial” Hb.11:16.a).

( MOISÉS ) RECUSOU SER PRINCIPE DO EGITO PARA SER PRINCIPE DOS CÉUS 
“... recusou ser chamado filho da filha de Faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo”( Hebreus 10:26)
Como José, Moises tinha uma avenida de sucesso à sua frente. Poderia ter escolhido ser um dos príncipes do Egito para ser príncipe dos Céus. Sua escolha: “ por amor a Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa”. A trajetória de Moises desde o seu nascimento até a sua morte, foi marcada por grandes tensões e desafios. Deus não se envergonha de ser chamado de Deus de um Moises que abdicou-se de ser chamado filho da filha do poderoso Faraó,  para cumprir uma missão que Deus havia lhe dado.

( RAABE ) DO FRACASSO AO SUCESSO, PORQUE PREFERIU FICAR COM DEUS.
“... A prostituta Raabe por ter acolhido os espiões, não foi morta com os que haviam sido desobedientes”( Hb. 11:31)
Raabe a única mulher a ser citada entre os heróis de Hebreus 11. Uma mulher prostituta e gentílica. Do ponto de vista estratégico militar não seria uma boa ideia confiar numa pessoa com essas características. A  única coisa para ser um herói ou heroína da fé é colocar Deus em primeiro lugar na vida. Raabe preferiu ficar com Deus e não com os inimigos de Deus. Seu corajoso e arriscado gesto agradou o coração de Deus. A sua genealogia foi abençoada. Deus não se envergonha de ser Deus na vida de um pecador que O coloca em primeiro lugar da  vida.

(HEROIS ANÔNIMOS)  SÃO TODOS OS CRISTAOS QUE, POR AMOR A CRISTO, NÃO SEENVERGONHAM
                                        DO EVANGELHO.
“... Andaram errantes, vestidos de pele de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos e maltratados. O mundo não era digno deles”( Hebreus 11:37,38.a)NVI.
Os heróis da fé são todos os cristãos que vivem um testemunho da fé que o mundo não é digno deles. Atendem o chamado de Deus para realizar coisas estranhas para o mundo. Atendem o chamado de Deus para fazer coisas para Deus que em circunstâncias naturais são definitivamente impossíveis. Atendem o chamado de Deus para ficar com Deus em qualquer situação. O que você pensa sobre isso? Sua vida de fé o coloca nessa galeria de homens e mulheres que Deus não se envergonha de ser chamado de seu Deus ?
Por amor a Cristo!