sábado, 7 de novembro de 2015

A VIDA É COMPARADA A UMA DECOLAGEM QUE EXIGE UM CONFIÁVEL PLANO DE VOO E UM DESTINO CERTO!


"... Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento" (Ecl 11:9)

Você se arriscaria  viajar numa aeronave como esses aloprados  passageiros da foto? Não se surpreenda há muita gente decolando na vida sem compromisso com sua própria vida. Decolar na vida com propósito deve ser o objetivo de cada pessoa. Decolagem nos remete a uma aeronave. Para uma aeronave de grande porte decolar precisará de possantes turbinas, uma cabine de controle e de um experiente comandante. Acrescido a tudo isso é necessário um plano de voo.  Assim é a vida! Para uma decolagem segura é preciso estar bem turbinada, com um eficaz planejamento e um qualificado gestor.

Á seguir, vamos abordar quatro definições importantes, para que você tenha uma decolagem  com  segurança:

O que  uma Pessoa precisa para Decolar na Vida com Propósito?



1 -  Conhecer a sua Origem e sua Identidade 

Definir a Origem e a Identidade é a descoberta mais importante para uma decolagem com proposito de vida. 

Identidade é definida como:  “Conjunto de caracteres próprios e exclusivos de uma pessoa, consciência que alguém tem de si mesmo”.
Esse entendimento se faz necessário, porque trará repercussões em áreas importantes da própria vida.  O “por quê da existência é a maior motivação para enfrentar a vida com otimismo. Nesta busca de conhecer “A SI MESMO”, a pergunta mais importante é: Quem sou Eu? Você precisa descobrir a sua própria identidade. A partir daí, você poderá criar uma perspectiva de futuro em realidades atingíveis.

De todos os seres criados por Deus, o ser humano é o único criado com capacidade de pensar e decidir por si próprio. Um ser moral, social e espiritual porque foi criado à imagem e semelhança de Deus.  Somos um ser que possui um Espírito, uma Alma e um Corpo. Portanto, somos potenciados em três em um,  para cumprir um propósito que  vai além da dimensão desta vida terrena.

Espírito é força divina para garantir proteção, desenvolvimento do caráter e garantir o sucesso das realizações que Deus traçou para cada indivíduo. Quando eliminamos a presença do Espírito, decidimos não precisar de Deus em nossa vida.  Determinamos que somos capazes de conduzir nosso próprio destino. Podemos até decolar, mas um voo  rasante e limitado.

Alma: é a sede da personalidade, é o nosso “Eu”. Abriga a vontade, as emoções e a mente. - Vontade: é o que nos torna um ser único; possui desejos próprios. - Emoções: manifestam os sentimentos da alma: amor, ódio, alegria, tristeza, desejo, etc.- Mente: é a função mais importante da alma. O centro das decisões. Uma mente renovada e conectada no Espírito fará sábias decisões.
Alma é esse conjunto do nosso “EU“  que forma a  cabine de comando. Onde decidimos os nossos voos, fazemos os nossos planos e decolamos. O aperfeiçoamento e as experiências da vida nos tornam melhores qualificado.

Segundo a Bíblia, o corpo abriga a alma e o espírito com funções específicas e que se completam. Isso está registrado em I Tessalonicenses 5:23. O corpo é a nossa casa terrestre. É o lugar onde é possível habitar e ter contato com o mundo físico. Uma matéria que se desfará. O corpo abriga os órgãos vitais  que impulsionam os voos da vida. Manter a forma e uma boa saúde garantirá boa decolagem e um voo que nos leva ao destino final.


2 -  Conhecer os Valores Pessoais


Agora que você já definiu a sua Identidade (Quem você é), o passo seguinte é    definir os seus valores pessoais.  Os valores dão forma a existência e definirão o tipo de vida que você almeja. É importante destacar que o principal bem de uma pessoa são os valores que possui. O caráter  a maior riqueza. Determina o senso de responsabilidade à medida que a vida for exigindo decisões de comando. Há valores que são mutáveis, podem ser substituídos por outros na medida que surgem novas necessidades. Mais há valores imutáveis e inegociáveis que envolvem a moral, a ética, os princípios da fé cristã.   
Você imaginou os riscos que teria caso o comandante de uma aeronave abandonasse o seu posto e fosse dormir enquanto a aeronave estivesse voando? Muitos têm feito isso com suas próprias vidas. 

3º) Conhecer e Definir os Objetivos


O significado da palavra “Objetivo” é: “Baseado em critérios materiais, reais, concretos, excluindo os sentimentos pessoais; finalidade; escopo;” 
Cada indivíduo possui objetivos peculiares  o que realmente tem valor e vale a pena lutar?  Esses objetivos precisam estar bem definidos: O que queremos? Por que queremos? Como fazer?  A vida é uma decolagem que deve ter um plano de voo bem definido.  Não é uma aventura nem um risco de sorte. Não deve ser encarada por motivos banais nem tão pouco ser movida por sentimentos fantasiosos. Se a Identidade, os valores e as qualidades inerentes a individualidade estão sendo criteriosamente elaborados, definir os objetivos da vida é uma consequência lógica e perceptível.

Levem em conta essas palavra de Jesus:
" Tenham cuidado, para não sobrecarregar o coração de vocês de libertinagem, bebedeira  e ansiedade da  vida, e aquele dia venha sobre vocês inesperadamente" 
( Lc .21:34). O fato é:  O inesperado é esperado! Vigiar e orar é a maneira mais sensata de vencer os inesperado da vida! 

4  Elaborar um  Estilo de Vida sem Ostentação

Definir o estilo de vida é importante para estabelecer os níveis de importância que damos as coisas.  Revela o perfil da pessoa quanto ao  compromisso com o seu futuro. Pensar no futuro significa não pensar apenas no agora, preferindo uma boa vida, e sim, pensar no amanhã semeando ao longo dos anos  para obter uma vida boa. 
Viver com simplicidade e sem ostentação é um estilo de vida que permite tempo suficiente para nutrirmos nosso relacionamento com Deus e desfrutarmos de relacionamentos com outras pessoas.  
Não significa que é errado ter entretenimento, férias com a família, encontro sociais.  A Bíblia recomenda tudo isso: “Tudo que Deus criou é bom, e, recebido com ações de graças, nada é recusável” (I Timóteo 4.4).

Viver em simplicidade torna a vida mais leve, com menos estresse e ansiedade. Os gastos e os investimentos devem ser feitos com propósitos não egoístas. O mundo vive sob o efeito sedutor do “espírito de Mamom”, uma expressão bíblica alertando ao apego exagerado ao dinheiro, que escraviza as pessoas ao consumismo e as dividas, consumindo energia  com coisas e bens e  afastando-se do Deus provedor. ( Mateus 6:24 ).
A Bíblia não dita um padrão de vida particular para cada pessoa.  No entanto, as Escrituras contém um número de princípios consideráveis que devem ser observados ao escolher o padrão de vida que queremos adotar. 

O  pouso final de nossa decolagem ultrapassa as fronteiras desta vida terrena. Tem tudo a ver com estilo de vida. Pensar cem por cento apenas nesta vida significa que todo investimento material, intelectual, terminam com a própria vida. É o que a Bíblia diz em Mateus 6:19-21: "Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração”.

REFLETINDO:


Como está o voo de sua vida? 

Provavelmente você já fez algumas pequenas escalas no percurso. As escalas são ciclos da vida que são inevitáveis. Cada ciclo é uma preparação para a etapa seguinte.  
A sua vida é unica, as oportunidades não devem ser desperdiçadas. Considerem importante os seus valores. Não perca o foco do que é mais importante para sua vida. Não carregue excesso de bagagem. 
 Quando deparar com decisões importantes pergunte-se:
- Isso é coerente com minhas prioridades
- Está focado  em  minha área  de competência?
- Tenho tempo e qualificado  para isso?
- Tenho consciência que o meu destino ultrapassa as fronteiras dessa vida terrena?


Por amor a Cristo!