domingo, 7 de fevereiro de 2016

A FÉ É O COMBUSTÍVEL QUE COLOCA O CRISTÃO EM MOVIMENTO!



“ Ora, a fé é a certeza daquilo que  esperamos e a prova das coisas que não vemos. Pois foi por meio dela
(fé) que os antigos receberam bom testemunho” ( Hb. 11:1,2).

Convido você a dar uma pausa e refletir sobre esse tema:  A fé é o Combustível que Coloca o Cristão em Movimento”. O crente tem a sua disposição uma arma poderosa chamada .  A fé é um dom de Deus que gera certeza e convicção.  Certeza  daquilo que se espera, e convicção que  no tempo certo chegará.  A fé age de diversas formas para diversas situações na vida. É o combustível que coloca o crente em movimento. Vamos destacar dez funções da fé:


A fé  conduz  viver a  Justiça de  Deus.
“ Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito o justo viverá pela fé” ( Rm. 1:17).

O mundo clama por justiça. Mas a justiça que opera no mundo não tem nada a ver com a justiça de Deus.  O crente, justificado em Cristo, possui o Espírito Santo  que o conduz a viver essa fé,  que dá acesso a justiça de Deus. Ao passar por injustiça, viverá movido dessa fé, crendo que a justiça perfeita de Deus, o protegerá. Não precisará recorrer a qualquer recursos em defesa própria. 

A fé  conduz ao cumprimentos de promessas.
“ Os quais pela fé conquistaram reinos, praticaram a justiça, alcançaram o cumprimento de promessas, fecharam a boca de leões, apagaram o poder do fogo e escaparam do fio da espada: da fraqueza tiraram força, tornaram-se poderosos   na batalha e puseram em fuga exércitos  estrangeiros”  (Hb. 11:33,34)
A Bíblia está recheada de exemplos de homens e de mulheres que, pela fé, conquistaram promessas. Não tiveram vida fáceis no caminho, pela fé enfrentaram gigantes, fornalhas, leões e grandes exércitos inimigos. Muitos não alcançaram as promessas, mas para Deus foram vencedores. O Deus da Aliança e da Promessa continua agindo em favor dos fiéis.

A fé trás entendimento como todas as coisas foram criadas.
“ Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo que aquilo que se vê não foi feito do que é visível”  ( Hb. 11:3)
A ciência humana tem debruçado incansavelmente para entender como  o universo foi criado. Pela fé entendemos  que tudo foi criado apenas com uma  Palavra do Criador, Haja”.  Deus disse:  “Haja luz, e houve luz. “Haja separação entre águas e águas". “Haja luminares no firmamento no céu para separar o dia da noite”.  Pela fé entendemos que assim foram criadas todas as coisas. Ponto final!

A fé  assegura  o arrebatamento dos fiéis.  
“ Pela fé Enoque foi arrebatado, de modo que não experimentou a morte;  já não foi 
encontrado,  porque Deus  o havia arrebatado” ( Hb. 11:5.a).
O arrebatamento  acontecerá na triunfante volta  do Senhor Jesus.  Uma certeza para os crentes fies: “ Depois nós, os que  estivermos vivos, seremos arrebatados com eles , para o encontro com o Senhor nas nuvens”( I Ts 4:17).  Enoque é o único registro, do Antigo Testamento, que não experimentou a morte.  Ele andava com Deus e Deus para si o tomou. Nenhum crente deve alimentar a expectativa de ser arrebatado  como Enoque,  mas deve ter uma  fé convicta  do arrebatamento na vinda de Cristo.

A fé no Nome de Jesus  gera  cura.   
“  A  fé que vem por meio dEle lhe deu esta saúde perfeita, como todos podem ver” (Atos 3:16).
Os cristãos do  primeiro século,  realizavam muitas curas e  milagres.  A fé que  gera cura e milagres gera também por parte de Satanás investidas cruéis de  perseguições e mortes. Quanto mais  os cristãos eram perseguidos, a fé deles crescia, os milagres e as curas aconteciam.  Submetiam a autoridade do Nome de Jesus e obedeciam à risca a Palavra de Deus. Colocavam em prática o que aprendiam das Escrituras:  Tiago:  5: 15.a, que diz: “ A oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará”. A fé do cristão gera frutos.  

A fé gera sabedoria divina.
“... Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida. Peça-a, porém com fé, sem duvidar...” ( Tiago 1:5,6).
A Bíblia aponta dois tipos de sabedoria: a sabedoria do alto e a sabedoria humana       ( Tg.3:14-17). A sabedoria divina habilita o cristão a se  proteger das pressões mundanas, que gera espírito faccioso, perturbação e perversidade.  A distinção da sabedoria de Deus e dos homens é notaria pelos resultados.   Pais cristãos, que usa a sabedoria divina, na educação dos  seus filhos, os resultados  são incomparavelmente superior aos pais que praticam a sabedoria dos homens. A sabedoria humana é ímpia e corrobora por todo os males praticados  pelos homens. É um agente de  transferência geracional que passa de pais para filhos. É o que a Bíblia diz: “Os ímpios erram o caminho desde o ventre; desviam-se os mentirosos desde que nascem”. ( Sl. 58:3). Há muitos pais cristãos que vivem o modelo da sabedoria humana.

A fé remove obstáculos intransponíveis.
“ Jesus respondeu: “Eu lhes asseguro que, se vocês tiverem fé e não duvidarem, poderão fazer não  somente o que foi feito à figueira, mas também dizer a este monte: Levante-se e atire-se ao mar, e assim será feito”( Mateus 21:21)

A dúvida não resolvida trabalha em oposição a fé.  Duvidar da palavra de Jesus é estar no mesmo nível espiritual do incrédulo. Pela fé os muros de Jericó vieram abaixo ( Hb. 11:30). A figueira que secou e os muros que vieram abaixo, aconteceram  em tempos em situações diferentes. Esses fatos nos ensinam algumas lições sobre a fé: Amaldiçoou a figueira para manifestar a sua ira contra as infrutíferas práticas religiosas. Frequentavam sinagogas imponentes, ostentavam fé intelectual, infrutífera e obras mortas. Os muros de Jericó vieram abaixo, sem que os soldados tocassem a mão, para mostrar o seu poder, nada fica de pé sem que o Senhor permita. Como uma família edificada sem  o Senhor. Não há garantia que permanecerá de pé ( Sl. 128). A fé que remove obstáculo está conectada com os valores eternos de Deus.    

A fé vence o poder do mundo 
“... O que é nascido de Deus  vence o mundo; esta é a vitória que vence o mundo: a  nossa  fé no Filho de Deus” ( I Jo 5:4 ).

Talvez muitos de nós não deixaremos registros de uma grande marca de  fé.   Para acalmar o seu coração, todos os nascido de Deus já possuem uma fé vitoriosa. Se você é um  desses,  o Senhor Jesus fez isso por você. Permaneça firme, sem desanimar, você já um vencedor. Se ainda não é, entregue sua vida para Jesus.

A fé  gera  comunhão eficaz
“...  Oro para que a comunhão que procede da sua fé seja eficaz no pleno conhecimento de todo o bem que temos em Cristo” ( Fm  v.6)
A fé promove comunhão uns com os outros. Para uma turbina gerar energia elétrica precisará de muita concentração de água. Para um exército se tornar poderoso precisará de  milhares de habilitados soldados. Assim deve ser a igreja de Jesus Cristo. Quanto maior for a comunhão que procede da , essa igreja será  forte e relevante. A igreja primitiva experimentou essa fé que gerava comunhão, atraía as pessoas para Jesus.

A fé genuína  abençoa  gerações  
“... Recordo-me de sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua vó Loide e em sua mãe, Eunice, e estou convencido de que também habita em você...” ( 2 Tm. 1:5).
O jovem Timóteo teve a sua vida facilitada, tanto na  compreensão das Escrituras como  na sua chamada para servir a Obra do Evangelho;  porque fora herdeiro de uma avó e de uma mãe, que possuíam  uma fé genuína. Uma das razões que os filhos e netos não permanecem na fé cristã, tem muito a ver com o mal testemunho dos avós e dos pais.        Um bom testemunho da fé é aplicar 
Prov. 22:6, “ Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quanto envelhecer, não se desviará dele”,  pode ser chamada de uma fé genuína que abençoa gerações.

A fé gera Heróis no padrão divino.
“... Foi pela fé que as pessoas do passado conseguiram a aprovação de Deus” ( Hb. 11:2)
Os heróis da fé, mencionados em Hebreus 11, foram homens e mulheres  que tiveram muitas falhas. Muitos deles não colheram os frutos da fé que viveram. Entretanto, todos tiveram algo em comum, agradaram o coração de Deus. Não abandonaram suas batalhas. Seus atos heroicos mudaram historia de povos, de reinos e de gerações. Só conseguem alcançar esse padrão, aqueles que buscam viver o padrão divino. Não há outra forma  de receber a aprovação de Deus.

Reflexão



"..... Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam"( Hb. 11:6) 

A fé que  vence o mundo vai além do conhecimento de Deus. Vai além de práticas religiosas. A fé que o vence o mundo é marcada por uma experiência vivencial com Deus. Uma fé que se alinha aos seus propósitos. Que tem conexão com a eternidade. Essa é a fé que gera convicção e certeza.

Por amor a Cristo