sábado, 9 de julho de 2016

AVIVAMENTO - O ESPIRITO SANTO OPERANDO EM FAVOR DOS SANTOS!


Confesso que em minha caminhada  cristã de mais de cinquenta anos, boa parte  desses anos pouquíssimas literaturas e ensino   aplicava-se nas chamadas  igrejas tradicionais.
Nesta fase de minha vida  posso conclui  o quanto  isso trouxe de prejuízo para o meu crescimento e intimidade com o Espirito Santo. Falar da pessoa do Espírito Santo é uma responsabilidade e um privilégio.  É falar do Deus presente agindo em defesa de cada pessoa. Na vida do crente agindo com derramamento de poder para  vencer o pecado e lutar as batalhas do Senhor. Na vida do pecador não transformado  agindo  para convence-lo  do seu verdadeiro estado de miséria e carecendo do perdão de Deus


Três aspectos  importantes o Espirito Santo age em favor dos santos: 


CONVENCER   DO PECADO 
Convencer do pecado é a função do Espírito Santo na vida de um pecador. Nenhum ser humano tem essa autoridade espiritual, pois todos estamos na mesma condição. O pecador precisa estar consciente que nasceu em pecado e esse pecado gera a morte eterna.  Só Deus pode condenar e absolver um pecador da condenação eterna. Para isso, enviou Seu filho Jesus Cristo para morrer pelo pecador. Nessa cadeia de autoridade, o Senhor Jesus enviou o Espírito Santo para convencer o pecador do pecado, da justiça e do juízo. Quando não atribuímos ao Espírito Santo essa função e não O ouvimos, cometemos o pecado da blasfêmia. Único pecado imperdoável.  “Portanto, eu vos digo: todo pecado e blasfêmia se perdoará aos homens, mas a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada aos homens ” ( Mateus 12:31). Essa palavra vale tanto para o crente quanto parta o não crente. Aquele que rejeita o favor do Espírito Santo afasta-se da única força capaz de levar o pecador ao arrependimento e a sua restauração com Deus.  O arrependimento, a confissão e o abandono do pecado é a porta de entrada para o avivamento bíblico.  É um novo nascimento que passa por uma grande dor como dores  de parto.

CONVENCER DA JUSTIÇA DIVINA
O Espírito Santo age na vida de cada pessoa para incutir a  natureza divina que tem como padrão fazer o que é justo e reto sem qualquer imparcialidade. O padrão do mundo é uma justiça imparcial, com medidas desiguais. Deus é santo, um dos atributos é o padrão de equidade.  A natureza de Deus jamais será subornada; todos os seus atributos agem com plena excelência e perfeição. Deus nunca cometerá erros de percurso. Tudo que criou de forma perfeita com leis cem por cento  perfeitas. O Espírito Santo atua como um interlocutor dos atos de justiça de Deus.  A justiça de Deus pune infiéis, premia justos; age o tempo todo a favor da verdade
Não há nenhuma incoerência quando a justiça de Deus age em favor de um ímpio que está com a verdade, e pune o justo,  que não está com a verdade. Veja esses exemplos:  Com Sua justiça preservou a prostituta Raabe ao proteger os espias Israelitas. Condenou, a morte, um soldado Israelita, Acã, por ter prevaricado retendo o que não deveria. Ananias e Safira, mentiram ao Espírito Santo,  foram mortos por um ato de justiça de Deus.  
As misericórdias do Senhor é um ato de justiça de Deus. “As  misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos;  porque as suas misericórdias não tem fim” ( Lamentações 3:22) . O rei Davi teve motivação errada ao fazer o censo do exército de Israel, cometera o pecado do orgulho por possuir um poderoso exército. Deus enviou um profeta para que escolhesse uma das três punições ( I Cr 21:11-12). Davi preferiu ser punido pelo Senhor Deus. Por mais que seja pesada a punição de Deus não se compara  a punição  do mundo é  terrivelmente severa.

CONVENCER DO JUÍZO DE DEUS
O Juízo de Deus é um ato de sentença irrevogável. É a estância superior do Tribunal Divino. Nesse tribunal divino a Trindade age em concordância, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Como foi na criação será no final de todas as coisas.  A humanidade já experimentou   alguns juízos de Deus. O mais trágico o diluvio que dizimou quase que total a  raça humana, ficando apenas  Noé e sua família. As cidades de Sodoma e Gomorra foram destruídas com enxofre. A cidade de Níneve foi poupada do julgamento de Deus porque se arrependeu ouvindo a mensagem do profeta Jonas. Mas, o maior juízo de Deus está por  vir ( confira em Apocalípse  20:11-15). O Espírito Santo carimba, sela, garante o cumprimento da  promessa ( efésios 1;13,14).
Uma  inflexão: Por que Deus tem que agir com Sua justiça na vida do Seu povo, para então, usar de misericórdia? Foi assim com o povo de Israel, e assim está sendo com Sua igreja. Será  porque o mundo está demasiadamente atrativo? Ou será que o padrão de santidade de Deus é algo inatingível? Na minha  inflexão são os dois motivos. Qual o seu entendimento? 

APLICAÇÃO: 
Do que foi dito poderíamos sintetizar que Deus opera sobre quatro fundamentos: Justiça, Juízo, Misericórdia e verdade. Deus governa o mundo e tudo que nele há dessa forma desde o princípio. A Igreja de Jesus é a embaixadora, dos  Céus, na terra; portanto, deve operar com base nesses quatro fundamentos. Daí que entra a importância do Espírito Santo. É o Executivo de Deus, na terra, operando na  vida da igreja e através da Igreja. Cada crente é um embaixador da Igreja por onde for. Sua conduta deverá seguir os fundamentos da justiça, do juízo, da misericórdia e da verdade. Aí sim, teremos um mundo invadido  de pessoas transformadoras. Você crê assim? O Espírito Santo tem essa liberdade de agir em sua vida desse modo? Você aceita a correção de Deus numa boa? Qualquer outra ação não vem de Deus, é produto do mundo corrupto. Passará pelo juízo de Deus. Amem!

Avivamento Verdadeiro:
Terminamos a campanha de 40 dias de jejum e oração, clamando por avivamento. Nossa oração que o Espírito Santo ouça as orações e o clamor dos santos; com gemido inexprimível leve a presença do Pai. O Pai, com sua infinita misericórdia, nos perdoe, e nos dê uma oportunidade de experimentar um avivamento que venha sacudir o nossa vida pessoal, nossa Igreja e nosso  país.  De Norte a Sul, de Leste a Oeste. Esse avivamento não virá sem dor, sem renuncia, sem a volta a palavra de Deus e ao próprio Deus. Você deseja um avivamento para a sua vida? ( Jeremias 33:3). Você deseja um  avivamento para sua Igreja? ( Atos 2 ). Você deseja  um avivamento para a sua Nação? ( II Cr 7:14) .  Confirme com um Amem!   

Gratidão: 
Em especial os Batistas Brasileiros devem um tributo de gratidão ao pr Edson Queiroz.Pela contribuição nesses últimos anos para o aperfeiçoamento dos santos.Nesta ultima edição "Avivamento Verdadeiro" como voz profética clamando o povo de Deus para buscar o avivamento dos últimos dias. Que o Senhor derrame sobre sua vida uma graça de cura na sua saúde física. Que outras edições venham para edificação da Igreja do Senhor Jesus Cristo. Falo como um batista grandemente abençoado pela instrumentalidade  desse homem de Deus!

Por amor a Cristo!