sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

2017 - NOVO CICLO DE SEMEADURA.


Cada novo ano novos desafios e oportunidades. Os desafios criam perspectivas. Os vencedores veem com otimismo os desafios e as  oportunidades. Assim que deve ser em 2017! Olhar como  um  novo ciclo de semeadura. Quando pensamos em novo ciclo de plantio  aprendemos lições com quem mais entende, os agricultores. É só seguir à risca todas as fases desde a preparação à colheita, como segue:

1.     Preparação do solo.
Arar a terra  é a primeira coisa a se fazer na preparação do plantio. É necessário  sulcar, remexer o solo endurecido. Toda vegetação e o que restou da colheita anterior deve ser  triturado como nutriente para o solo. A cada novo plantio esse processo é repetido. 
Aplicando à vida, um novo ciclo de plantio  passa por esse sulcar o coração. "Rasguem o coração, e não as vestes. Voltem-se para o Senhor o seu Deus" Joel 2:12. Um coração endurecido não está pronto para receber novas sementes de oportunidades. O arado de Deus remexe tudo  e  transforma em nutrientes  para semeadura  de novos projetos.   

2.     Aguardar a abundante chuva.
Não há plantio sem chuva. A chuva é uma providência divina para florescer o ciclo da vida.  Os prudentes são os mais beneficiados. Não espera a chuva chegar para preparar o solo.  Com a chegada da chuva a  terra esta pronta e a semente será lançada no tempo certo.
Aplicando à vida, as oportunidades são cíclicas. Uma colheita passada não substitui a colheita futura. Um ciclo pode ser de colheita abundante, outro nem tanto. O mesmo ciclo pode trazer resultados diferentes, de 30% , 60% e 100%. Deus é parceiro do diligente, não contempla nem o preguiçoso nem o negligente. "Ele envia muitas chuvas, as de outono e as de primavera, como antes fazia. As eiras ficarão cheias de trigo, os tonéis transbordarão de vinho novo e de azeite"( Joel 2:23,24). 

3.     Semear a semente certa no solo adequado.
O planejamento em todas as fases do plantio é a parte vital do agricultor. Tudo tem o seu cronograma no tempo certo. Para cada tipo de solo sementes apropriadas e na quantidade certa.
Aplicando à vida, se o agricultor tem todo o cuidado em selecionar sementes qualificadas para obter uma boa colheita, o que dizer em  se tratando do  solo  da mente e do coração? Na mente onde são lançadas as sementes, no coração onde são germinadas. 

4.     O combate as pragas.

As pragas são  inevitáveis em qualquer cultura. No interior da  terra e na  natureza estão infestadas de pragas. O agricultor sabendo disso já coloca em seu planejamento o tipo de combate a cada tipo de praga.
Aplicando à vida, em nossa semeadura somos atacados por pragas que estão alojadas em nosso coração.  Já nascemos com uma natureza contaminada pelo pecado. Somos atacados por demônios e influenciados por um sistema mundano que está corrompido pelo mal. O crente sabendo disso, precisa viver  em permanente vigilância ao combate a essas pragas. Conta com a  ajuda do Espírito Santo e da pulverização  da Palavra de Deus, que é o antídoto para o combate de todos os  tipos de pragas.

5.     Preparar para a colheita.
O momento mais esperado para  o agricultor é a colheita. Após ter cumpridos todos os requisitos do plantio, agora preparar-se para  colher. É o coroamento de todo trabalho desenvolvido. A colheita é o resultado das oportunidades bem aproveitadas e com muita dose de otimismo. Aliás, otimismo é o que mais o agricultor alimenta.
Aplicando à vida, há momentos cíclicos que  a vida  nos proporciona vários tipos de colheitas.  A colheita do diploma superior, após longo anos de estudo. A colheita dos netos, após anos de convivência conjugal. A colheita da aposentadoria, após anos e anos de trabalho. A colheita do galardão celestial, após uma caminhada de fé perseverante e de boas semeaduras.

6.     Preparar os celeiros para receber a colheita.
  
O agricultor prepara com todo o cuidado os celeiros onde guardará a colheita tão esperada. Chegou o momento de desfrutar do fruto do trabalho diligente. Sonhos semeados agora vão se realizar. Celeiros cheios é a garantia de  novos empreendimentos. O próprio Senhor Jesus deixou Sua igreja em operação na terra e subiu aos céus com muito otimismo. Disse aos Apóstolos que iria preparar muitos celeiros para receber a abundante safra da igreja ( João 14).
Aplicando à vida, Deus abençoa todo o esforço do trabalho diligente. Deus abençoa cada filho seu para desfrutar o melhor da terra. Deus torce para que seus filhos prosperem e vivam bem em todos os sentidos.  Deus abençoa um filho/a  e espera dele um coração generoso para invistir no Seu reino.

7. Cultura Permanente. 

Há uma outra categoria não menos importante de agricultores, os que cultivam a cultura permanente. São os vinicultores, cafeeiros, cacau, laranjais..... Os vinicultores, por exemplo, são extremamente cuidadosos no manuseio da videira. A videira leva cerca de 3 anos para começar produzir. Gradualmente, cada ano, vai aumentando a produção.   Após cada colheita, entra no ciclo que chamam de dormência  (descanso). Um tempo de deserto. Avideira passa  por dois momentos de poda: a poda da colheita, a poda da manutenção e limpeza (fg.acima). Aplicando à vida,  o crente entra na categoria de cultura permanente. Tal qual uma parreira exige cuidados especiais. Passa para a fase do  crescimento até chegar ao processo de maturidade. A videira quando extraído o fruto produzido perde parte de si. Assim é o crente; quando se doa ao próximo sente essa sensação de algo ser extraído de si. A mesma sensação que Jesus sentiu, ao sair virtude de Si, para a mulher que fora curada.  Chegará ocasião em que o crente passará pela poda da correção de Deus ( João 15). Haverá momento de passar por um deserto, por uma dormência. Não é o fim! É a preparação para um novo ciclo que vai se iniciar. Deus cuidou do povo Hebreu, por 40 anos, no deserto: "Eu cuidei de vocês no deserto, naquela terra de calor ardente: ( Oseias 13:5). Uma espécie de preparação  para entrar na terra de Canaã.

Refletindo....
"... Ponham-me à prova, diz o Senhor dos Exércitos, e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardar" ( Malaquias 3:10.b)
Usei essas figuras reportando aos  tempos rurais, onde tudo era feito de forma manual e com animais. Uma viagem ao tempo relembrando como os meus pais lidavam na agricultura familiar.
Encerramos essa reflexão afirmando que você é um agricultor de si mesmo. Sua vida pertence a Deus. Entretanto, você é responsável pelo preparo do solo da sua vida, da semeadura e da colheita. Você é responsável o que fazer da colheita que colherá em 2017, que  está apenas começando. Você está inserido em algum ciclo da vida. Qual deles você está? Na preparação do solo? Na semeadura? Na colheita? Siga à rica as regras da semeadura. Deus é o Seu provedor,  Seu grande parceiro. Mandará no tempo certo  a chuva para que sua colheita seja abundante. Prepare o solo da sua mente e do seu coração.  Amem!
Por amor a Cristo!

 Registro de gratidão:
Com gratidão registramos, neste dia 06 de janeiro, o Blogger Meditações completou cinco anos de atividades com publicações semanais. Foram 260 publicações, 150.000 visitações; assuntos livres com propósito de edificação da Igreja do Senhor Jesus Cristo. Obrigado pela parceria.



Uma boa colheita exige planejamento. Preparamos duas apostilas que poderão ajudar você a fazer uma realinhamento em sua vida  e de sua failia.

1- Apostila:  Planejando a Minha Família à Maneira de Deus  

2- Finanças & Vida - Uma Combinação de Sucesso.

> Para adquirir entre em contato conosco através do 

e-mail   .......   araosalgado@gmail.com