sábado, 13 de maio de 2017

MÃES! HEROINAS DO PASSADO E DO PRESENTE.

Preparamos uma homenagem especial para uma obra  prima da criação,  insubstituível no processo da procriação e preservação da família - a MÃE. Queremos homenagear mães do passado que deixaram legados que o próprio Deus registrou nos escritos Sagrados. E  mães contemporâneas que preservam, fielmente, o DNA divino. Por fôro íntimo, permitam-me introduzir  homenageando seis mulheres especiais que fazem parte do meu histórico de vida. Sequencialmente,  minha mãe e minha sogra,  duas heroínas de fé, guerreiras, tataravós,  que lutam por cinco gerações, Minha amada esposa, que honra o DNA que recebeu seguindo o mesmo padrão, de fé, e guardiã de nossas gerações, filhos e netos. Nossa filha e nossas duas noras.
Descrever o papel de mãe não é tarefa fácil. Fomos buscar na histórica bíblica e na convivência de relacionamentos próximos, mulheres mães, exemplos que enaltecem  e enriquecem os valores, tão defraudados nos tempos de hoje, lutam por gerar filhos e famílias saudáveis. Escolhemos duas mães que estão nos relatos bíblicos: A primeira mãe, que o texto não relata o seu nome, mas sua história de vida representa muitas mulheres mães ( 2 R.4:1-7). A segunda mãe, chamada Sunamita, sua história identifica a de muitas mães ( 2 Rs. 4:8-37). Duas mulheres mães que viveram no mesmo contexto de tempo e local, situações  de lutas diferentes, mas igualmente, experimentaram o agir de Deus em suas vidas, pelas suas atitudes de fé.
1) Mulheres  do passado .     
2 Rs 4-17  ( Mãe anônima,  pelo exemplo de fé)

"... E uma mulher das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu dizendo: Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo   temia o Senhor; veio o credor a levar-me os meus dois filhos para serem servos"( Vs.1)  


A história dessa mãe identifica com muitas mães de hoje. Fazia parte  de uma família que servia a Deus geração de  profetas. O que não a  isentava do sofrimento. Ficou viúva, experimentou  uma tremenda crise econômica nacional. A exemplo que estamos vivendo hoje em nosso País. Muitas mães brasileiras se identificam com essa história. 
Lição de vida:  Louvável sua conduta, de fé,  de não  murmurar  diante de situações difíceis;  Foi buscar socorro na pessoa e lugar certo; Narrou os fatos e não o sofrimento; Reivindicou  as promessas de Deus baseado naquilo que semearam para Deus; Seguiu à risca a ordem do profeta que lhe perguntou: "O que hei de fazer"? 
Resultado: O azeite se multiplicou milagrosamente; suas contas foram pagas; e, ainda sobrou para sobrevivência (v.7). São atitudes práticas de fé, que se aplicam  para qualquer tempo e situação. Deus se faz marido na vida de uma viúva cuja vida está em desamparo. Deus é provedor, antes e depois da viuvez ou por abandono do marido.      
      2 Rs. 4:8-37 (Seu nome Sunamita)
                "...Sucedeu também um dia que, indo Eliseu a Suném, havia ali uma mulher rica, a qual o reteve a comer pão; e sucedeu que todas as vezes que passava, ali se dirigia a comer pão"( v. 8).

Essa mulher foi contemporânea da primeira  história relatada. Uma experiência de vida igualmente  impactante, ocorreu com o mesmo profeta, Eliseu. Uma mulher, rica, estéril, que lhe trazia baixa estima. Temente a Deus, um coração generoso servia a Deus com os seus bens. "Ela disse ao seu marido: eis que tenho observado que este que passa sempre por nós é um santo homem de Deus. Façamo-nos , pois, um pequeno quarto junto ao muro e ali lhe ponhamos uma cama, e uma mesa, e uma cadeira, e um candeeiro; e há de ser que, vindo ele a nós, para li se retirará"( vs.9,10). O profeta reconheceu a sua hospitalidade e amor a Deus se interessou em saber qual seria o seu maior desejo: "Que, há de se fazer, pois, por ela?"( v.14). Ela gerou um filho. Esse filho, já menino, veio  a falecer. A exemplo do primeiro relato, foi ao encontro do homem de Deus, o seu filho foi ressuscitado (v. 37).
Lição de vida: Há muitas maneiras de servir a Deus, com os dons, talentos e bens. Por ser rica, serviu com os seus bens; Investiu na pessoa certa: um homem  que servia à comunidade à serviço de Deus; Preocupou mais em temer a Deus do que nas suas próprias necessidades, mesmo carregando um peso de tristeza de não ser mãe, A riqueza não supria essa lacuna do seu coração. A riqueza, sem Deus, não trás alegria e felicidade na vida pessoal e familiar.
Resultado: Deus honrou a sua fé e o investimento que ela fez para o Seu profeta. Devolveu a ela a fertilidade, gerando um filho. No momento de perda, devolveu, a ela, o fruto da promessa. 

2. Mulheres Contemporâneas que nos inspiram.                 
 O relato é de  uma pessoa muito especial para nós da família. A mulher mãe que nos deu o nosso neto primogênito, nossa nora Juliana. Lutou, para ser mãe, houve interrompimentos sucessivos. Estavam, nora e filho, quase que desistindo em continuar na luta. Como pais e sogros, juntamos a eles, na fé, e nos recursos médicos. Chegou a grata notícia:  nosso neto, Arthur, foi gerado. A batalha apenas iniciava, havia uma recomendação expressa: minha nora precisava de repouso absoluto em todo período de gestação com medicação diária. Focada no seu sonho  de ser mãe decidiu deixar o seu trabalho, morar conosco, cumprir  rigorosamente a recomendação médica. Nesse tempo que passamos juntos, presenciei o nascimento de uma mãe que nasce junto com o filho.  Ao vivenciar  todo esse processo pude ver o custo para  realizar  os sonhos de ser mãe.. Hoje, nosso neto Arthur está com cinco anos. A mãe retomou parcialmente suas atividades profissionais, uma família feliz. Vivemos um tempo que muitas mulheres estão abandonando o seu papel de mãe, pela profissão, e por não querer pagar o preço de ser mãe. Ouvimos declarações, tipo: "vou curtir a vida", "filho dá trabalho", "prefiro ter um animal que faz o que eu quero". Muito triste.
Lições de vida: Não desistir dos sonhos mesmo diante de obstáculos intransponíveis; Aliar a fé com os recursos médicos disponíveis; O apoio familiar são indispensáveis.
Resultado: A recompensa  não tem preço. Participar da alegria de uma nora que tanto desejou ser mãe, virtuosamente tem honrado a sua missão. Apresentamos com alegria o resultado de todo esse esforço.  A foto expressa o quanto valeu a pena!  

-  O relato a seguir  de um casal que amamos muito.  Construímos laços de amizades ao longo de vinte anos,  numa parceria no ministério com famílias. Um casal que vem experimentando grandes bênçãos na família e ministério, Edson e Edna. A Edna é uma referencia, de fé,  para as mulheres contemporâneas. Como toda jovem cristã, sonhou em casar, ter filhos, uma família próspera. Quando se preparava para o casamento  teve um diagnóstico que nenhuma noiva gostaria de receber: não podia gerar filhos. Mesmo diante dessa triste realidade, não foi empecilho para que casassem. O Edson, noivo, fez essa declaração: " Estou casando, com a Edna, por amor, e Deus cuidará do nosso destino". Natural que Ficou no coração da  Edna, aquele sentimento de tristeza pelo desejo de construir uma família que sonhou.  Acompanhou  o  marido onde iriam começar a vida de casados. O sogro, fazendeiro, homem de muita fé e abençoador, sempre que marcava as novas crias, destinava um animal para cada neto. Numa, dessas marcações, dirigiu-se ao Edson, e disse-lhe: "marque uma novilha para o seu filho". O Edson, retrucou: "Pai, minha mulher não pode ter filhos". Profetizou, ao filho: "marque essa novilha, que vai nascer". Passado um tempo, a Edna engravidou, e nasceu o primeira filha. A bênção  continuou, vieram mais três filhos, um casal de gêmeos. A medicina diagnosticou infertilidade, o Edson não fraquejou no seu propósito, e o sogro, usou o poder da bênção e da fé. Um conjunto de ações que cooperam para o bem daqueles que amam a Deus  e confiam nas suas promessas.  
Lição de vida: Vida com propósito, não vê obstáculos; A fé é o combustível para remover esses obstáculos; Para Deus, nada é impossível; O valor do poder da bênção geracional; Muitas jovens abortam os seus sonhos no primeiro obstaculo que se apresenta. Não contam com o apoio dos parceiros; Não são protegidos pelas bênçãos dos pais. 
Resultado: Sonhos realizados, família abençoada. O casal, ao completar 40 anos de casados, presenta a sua colheita: quatros filhos, a caminho o décimo neto. Todos servindo ao Senhor.
Esta bonita história de família foi possível porque uma mulher de fé confiou no seu Deus e não abortou gerações que nasceram do seu ventre. A foto de família é um testemunho do Deus do impossível.

. Mulheres jovens, empreendedoras.
São registros de histórias de vidas que trazem, claramente, a resposta do poder de Deus em qualquer pessoa e em qualquer situação. Deus criou a mulher com propósito de procriação, de equilíbrio para a família,  ser parceira do marido, empreendedora. ( foto filha e nora), são esposas, mães, médica e empresária, e que conciliam muito bem seus papes e são servas do Senhor. 
É possível, viver numa sociedade descaracterizadas de seus valores femininos, preservando o DNA original de Deus. O papel insubstituível da mulher, gerar uma sociedade de indivíduos, onde a honra, o respeito, a verdade, sejam vividos dentro do seio  familiar, para formação de uma sociedade,  justa, solidária e que tenha o temor de Deus. 
Que Nós, filhos, maridos, sogros, sejamos guardiões de vidas tão preciosas. Que, todos,  honremos nossas  mães, não só  nesse dia, mas no quotidiano da vida, enquanto a vida durar. Amem                  
.

Essa é minha parceira  e guerreira!  Esposa, filha, mãe, sogra, avó, parceira de ministério. Em tudo, virtuosa, sábia e empreendedora.
Essa homenagem  se torna ainda mais especial, estamos comemorando, neste próximo 15 de maio,  41 anos de abençoado casamento, Deus seja louvado!


A todas as mamães, nossas homenagens!


Por amor a Cristo!